inova.jor

inova.jor

Quanto tempo leva para superar uma crise

A Pets.com foi um dos símbolos da bolha da internet dos anos 2000
A Pets.com foi um dos símbolos da bolha da internet dos anos 2000

A bolha da internet explodiu há quinze anos, nos Estados Unidos, jogando o setor de tecnologia numa crise que só começou a ser superada em 2004, com a abertura de capital do Google.

Um dos grandes ícones daqueles tempos de exuberância irracional foi a empresa Pets.com, que vendia produtos de animais de estimação com prejuízo; queimou, em pouco mais de dois anos, os US$ 300 milhões que recebeu em investimento; e fechou as portas logo depois de veicular um comercial no Super Bowl, o horário mais caro da TV americana. O mascote da empresa era um fantoche de meia em forma de cachorro.

A Business Insider citou dados da PwC para mostrar que, pela primeira vez, o total investido num trimestre em empresas de software nos EUA superou os tempos da bolha. No segundo trimestre deste ano, os investimentos chegaram a US$ 7,3 bilhões, comparados a US$ 7 bilhões no mesmo período de 2000.

Dados da PwC sobre investimento em empresas de software nos EUA

A própria Business Insider fez algumas observações sobre os dados. Não há informações, por exemplo, se os números são corrigidos pela inflação. O total de transações ainda está abaixo do pico de 2000, o que significa que menos empresas estão recebendo mais dinheiro.

Superação

Os dados mostram como é difícil superar uma crise. O índice da bolsa eletrônica Nasdaq só conseguiu ultrapassar a pontuação máxima que havia atingido na época da bolha em 23 de abril deste ano, quando fechou com 5.056,06 pontos. Hoje, o índice Nasdaq encerrou a 4.517,32 pontos, abaixo do pico pré-crise.

Foto: Reprodução

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

O acelerador de partículas Sirius tem aplicações em setores como saúde, energia e alimentação / Divulgação

Para que vai servir o novo acelerador de partículas brasileiro

O maior projeto científico brasileiro em andamento é o Sirius, acelerador de partículas que está sendo construído pelo Laboratório Nacional de Luz Síncroton (LNLS), em Campinas (SP). O LNLS faz parte do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Com orçamento total de R$ 1,8 bilhão, o Sirius[…]

Leia mais »
A Roche quer aproximar mercado e academia com o programa Astro / Divulgação

Roche busca grupos de pesquisa em saúde para aceleração

A Roche Farma busca grupos brasileiros de pesquisa em saúde para seu programa de aceleração, chamado Applied Science Trail Roche (Astro). As inscrições terminam em 2 de julho. O objetivo do programa é tornar viável a comercialização de tecnologias desenvolvidas em centros de pesquisas acadêmicos do país. Mercado e demanda[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami