inova.jor

inova.jor

CES 2016: Você ainda assiste à TV no seu televisor?

Samsung lança Smart Hub, que concentra todos os programas numa tela
Samsung lança Smart Hub, que concentra todos os programas numa tela

LAS VEGAS

Quando as pessoas estão à frente de seus televisores, o tempo dedicado a canais de televisão é cada vez menor. Há alguns anos, o videogame e o aparelho de DVD eram os principais concorrentes da TV convencional. Atualmente, com televisores conectados e integrados a outros dispositivos e a serviços online, as opções são inúmeras.

Uma das novidades relacionadas a esse cenário é o Smart Hub, nova interface dos televisores da Samsung, apresentada ontem durante a CES, feira de eletrônicos que acontece esta semana em Las Vegas.

O Smart Hub concentra numa tela todas as alternativas de programação, incluindo serviços de vídeo sob demanda, como Netflix e Amazon, e os canais de televisão. “Passar da ESPN para a Netflix se torna tão fácil quanto mudar do canal 1 para o canal 2”, afirmou Won Jin Lee, vice-presidente executivo da Samsung Electronics.

O espectador não precisa mais de vários controles remotos para consumir conteúdo. Esse tipo de tecnologia mostra como os canais convencionais acabaram por se tornar uma parte pequena da experiência de televisão.

Segundo Craig Wigginton, líder do setor de telecomunicações da consultoria Deloitte, 42% dos lares norte-americanos usam serviços de streaming, como o Netflix, e 34% veem pelo menos um filme via streaming por semana.

Internet das coisas

Além de ser uma central de conteúdo, a Samsung aposta que o televisor vai se tornar o centro de controle da casa inteligente. Em sua estratégia de internet das coisas, chamada SmartThings, a empresa construiu um ecossistema de 20 mil desenvolvedores e mais de 200 equipamentos, que incluem sensores de movimento e sistemas de iluminação.

Os dispositivos SmartThings também podem ser controlados pelo celular ou até pela geladeira. A Samsung apresentou uma linha de refrigeradores chamada Family Hub com acesso à internet e uma tela sensível ao toque de 21,5 polegadas, que funciona como o centro de controle da casa inteligente.

  • O jornalista viajou a convite da Samsung

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Anupam Chander fala sobre inovação nos EUA

Quando liberdade de expressão vira política industrial

Larry Page e Sergey Brin disseram ao primeiro-ministro inglês, David Cameron, que nunca poderiam ter criado o Google em Londres. Quando o mecanismo de busca indexa páginas, ele armazena cópias do conteúdo indexado. Nos Estados Unidos, reproduzir e guardar essas páginas está dentro do conceito de “fair use” (uso justo ou aceitável), bastante[…]

Leia mais »
Estudo identificou software obsoleto e inseguro em robôs industriais conectados / Florian Voggeneder/Creative Commons

Robôs industriais enfrentam riscos de segurança

Os robôs industriais conectados à internet representam um risco de segurança, segundo relatório da Trend Micro. Eles são parte essencial da chamada Indústria 4.0. O estudo aponta que, para que as ameaças sejam mitigadas, é necessário melhorar a qualidade do software incorporado nessas máquinas, num esforço conjunto de profissionais de[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami