inova.jor

inova.jor

Evento reúne mulheres empreendedoras em São Paulo

O Lady Pitch Night teve início em Paris e agora acontece em vários países do mundo. Foto: Divulgação/Lady Pitch Night Paris
O Lady Pitch Night teve início em Paris e acontece em vários países do mundo. Foto: Divulgação/Lady Pitch Night Paris

A primeira edição do Lady Pitch Night Brazil, evento voltado exclusivamente a startups fundadas ou cofundadas por mulheres, já tem data para acontecer. No dia 11 de maio, as líderes de startups de tecnologia em estágio inicial poderão ter contato com investidores e especialistas, além de concorrer à prêmios especiais.

“Nossa ideia principal é dar visibilidade a mulheres que trabalham em empresas de tecnologia. Queremos que elas tenham mais acesso a oportunidades como contato com a mídia e investidores”, afirma a organizadora Estelle Rinauldo, diretora da Girls in Tech no Brasil.

Durante o evento, as empresas inscritas farão uma breve apresentação dos serviços apresentados (pitchs), participarão de um bate-papo com personalidades na área de tecnologia e empreendedorismo e assistirão a uma palestra da fundadora e CEO da Girls in Tech Global, Adriana Gascoigne.

Os pitchs serão avaliados por um grupo de jurados e os melhores serão premiados. Na cesta de premiação está uma viagem para São Francisco, o uso do coworking Plug por um ano, entradas em eventos de tecnologias e acesso gratuito a um software de gestão, entre outros.

Tecnologia é importante

A diretora da Girls in Tech no Brasil acredita que o evento é importante para que muitas mulheres se descubram como empresárias de tecnologia e passem a investir no seus próprios projetos.

“Devido a questões históricas-culturais, as mulheres ainda acreditam que a tecnologia não é importante para elas. Mas quando quebramos essa barreira e conhecemos um pouco mais sobre o mundo da tecnologia percebemos que torna-se mais fácil tirar nossas ideias do papel”, explica Rinauldo.

O encontro acontecerá no coworking Cubo, em São Paulo. As inscrições para as startups estão disponíveis até o dia 16 de abril pelo site.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Programa de startups busca soluções de internet das coisas para o agronegócio / Shell

Vivo, Raízen e Ericsson buscam soluções para o agronegócio

  A Vivo, Raízen e Ericsson buscam startups com soluções de internet das coisas voltadas ao agronegócio, no programa Agro IoT Lab 2018. Os interessados podem se inscrever até 14 de outubro no site do Pulse, hub de inovação da Raízen. Serão selecionados dez projetos que aumentem a produtividade, reduzam[…]

Leia mais »
A plataforma Natura Startups foi lançada em maio / Divulgação

Por que a Natura quer estar perto das startups

Luciana Hashiba, gerente de Inovação da Natura, conta que as visitas ao ecossistema brasileiro de startups começaram em 2014. “Com o conceito de inovação aberta, trabalhamos cada vez mais em rede, com um olhar de empreendedorismo cada vez mais forte”, explica Hashiba. A inovação aberta ganhou força neste século, com a[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *