inova.jor

inova.jor

Como a tecnologia ajuda o mercado imobiliário a enfrentar a crise

Mercado Imobiliário: André Penha e Gabriel Braga são fundadores da Quinto Andar / Divulgação
André Penha e Gabriel Braga são fundadores da Quinto Andar / Divulgação

O momento atual do mercado imobiliário não é dos melhores. Em fevereiro, foram lançadas somente 171 unidades residenciais na cidade de São Paulo. O número representa uma queda de 80,4% sobre o mesmo mês de 2015.

Apesar da crise, várias startups buscam tornar esse mercado mais ágil, ao facilitar o contato entre locadores e locatários e entre vendedores e compradores.

QuintoAndar é uma imobiliária que trabalha com locação de imóveis residenciais em São Paulo e Campinas. Criado em 2012, existe somente online.

“A crise tem sido até positiva para nós”, afirma Gabriel Braga, presidente e cofundador do QuintoAndar. “Muito proprietário que comprou o imóvel na planta, para vender, agora resolveu alugar.”

As fotos dos imóveis oferecidos pelo QuintoAndar são tiradas por profissionais. O agendamento das visitas é feito via site ou aplicativo. Além disso, a empresa oferece seguro-fiança sem custo para locador ou locatário.

“Queremos tornar o processo cada vez mais simples”, explica Braga. “Agendar visitas era um problema, e então desenvolvemos o sistema de agendamento online em 2014.”

Com 60 funcionários, a empresa tem cerca de 1,6 mil imóveis em seu sistema, a maioria em São Paulo. Em fevereiro, o  QuintoAndar recebeu um investimento de US$ 7 milhões, liderado pela Kaszek Ventures.

Braga conheceu seu sócio, André Penha, quando cursavam MBA na Universidade de Stanford, no Vale do Silício. Antes de fundar o QuintoAndar, o executivo trabalhou no Airbnb, nos Estados Unidos.

Geolocalização

Moving é uma empresa de classificados que aposta nas ferramentas de geolocalização para melhorar a experiência de quem procura imóveis.

Ado Fosenca, fundador da empresa, participou no mês passado do Summit Imobiliário, num painel sobre tecnologia e mercado imobiliário, em que fui mediador.

A partir do aplicativo do Moving, o usuário pode conhecer o bairro no qual tem interesse, e consultar, além dos imóveis disponíveis, a localização de estabelecimentos como escolas, restaurantes e farmácias.

Criado em 2012, o Moving foi adquirido pelo Grupo Estado no ano passado.

 

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Índice de confiança em tecnologia e instituições financeiras deve alavancar mercado de fintechs / Jason Howie / Flickr / Creative Commons

Confiança do brasileiro beneficia fintechs

As fintechs, empresas de tecnologia que oferecem serviços financeiros, devem crescer exponencialmente no Brasil nos próximos anos. O cenário positivo é baseado no aumento da confiança no setor de tecnologia e nas instituições financeiras brasileiras. As conclusões fazem parte do Trust Barometer, estudo realizado anualmente pela Edelman em 18 países. Segundo[…]

Leia mais »
O computador quântico foi um dos temas discutidos durante o CIAB Febraban / Renato Cruz/inova.jor

O que falta para as fintechs avançarem no Brasil

  O mercado bancário brasileiro é altamente concentrado, com spreads (diferença entre as taxas básicas e os juros efetivamente cobrados) elevados e tarifas em ascensão. Essa situação beneficia o surgimento de fintechs, empresas de base tecnológica que oferecem serviços financeiros. Um estudo divulgado recentemente pela Associação Brasileira de Fintechs (AB Fintechs)[…]

Leia mais »

1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami