inova.jor

inova.jor

Para que serve um bueiro inteligente

O bueiro inteligente foi desenvolvido por uma startup chamada Net Sensors / Renato Cruz/inova.jor
O bueiro inteligente foi desenvolvido por uma startup chamada Net Sensors / Renato Cruz/inova.jor

RIO

O Porto Maravilha, no Rio de Janeiro, tem 28 bueiros inteligentes. Cada bueiro é formado por um coletor de lixo sólido e um sensor volumétrico, que avisa via rede celular quando o coletor está cheio.

O bueiro inteligente melhora o ambiente, pois limita a quantidade de lixo sólido que vai para os rios; reduz o custo de manutenção, porque as equipes só o visitam quando ele está cheio; e tem um impacto positivo na vida da população, já que evita enchentes.

A solução faz parte do Programa de Inovação Urbana da Cisco, em parceria com a prefeitura do Rio. O projeto foi implementado pela PromonLogicalis e os bueiros foram desenvolvidos por uma startup chamada Net Sensors.

Segundo Carlos Chiaradia, presidente da Net Sensors, a bateria do sensor do bueiro dura um ano. “De 12 em 12 horas, ele verifica se o coletor está cheio e, em caso positivo, avisa o Centro de Comando e Controle do Porto Maravilha”, explica.

Em São Paulo, a empresa tem 110 bueiros instalados, sendo que, em cerca de 15 pontos, já foi comprovada redução de alagamentos. “Estamos em negociação com mais 11 prefeituras”, afirma Chiaradia.

A PromonLogicalis conversou com interessados pela solução em países como Espanha, Argentina, Uruguai e Colômbia. “Esse pode ser um produto de exportação”, diz Lucas Pinz, gerente sênior de tecnologia da PromonLogicalis.

Programa de aceleração

A Net Sensors foi uma das vencedoras do Desafio Cisco de Inovação Urbana. A empresa participou de um programa de aceleração que durou cinco meses, com apoio técnico do Centro de Inovação da Cisco no Rio.

Fabricante americana de equipamentos de comunicação de dados, a Cisco apresentou hoje (6/7) 15 soluções urbanas inteligentes no Porto Maravilha, muitas delas desenvolvidas em parceria com startups brasileiras.

A região foi revitalizado como preparação para a Olimpíada. “Estamos orgulhosos de trazer o Porto Maravilha para nossa lista mundial de exemplos de cidades inteligentes”, afirma Laércio Albuquerque, presidente da Cisco Brasil.

  • O jornalista viajou a convite da Cisco

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Série de documentários mostra como grupos privados se preparam para viagem à Lua / Reprodução

Moon Shot: J.J. Abrams produz documentário sobre corrida à Lua

Em 2007, o Google lançou um desafio para empresas privadas, oferecendo US$ 30 milhões para quem conseguir mandar uma sonda à Lua, percorrer 500 metros na superfície do satélite natural e transmitir fotos e vídeos em alta definição de volta para a Terra. O prazo do Google Lunar XPrize (GLXP) termina no ano[…]

Leia mais »
Marcos Cintra, presidente da Finep, participa de evento sobre IoT / Renato Cruz/inova.jor

Finep: ‘Empresa brasileira precisa investir mais em pesquisa’

“As empresas brasileiras precisam investir mais em pesquisa e desenvolvimento. O maior investimento ainda é do governo e não vamos melhorar se continuarmos assim”, afirmou Marcos Cintra, presidente da Finep. Cintra participou ontem (15/3) do Fórum Estadão IoT e Infraestrutura. Segundo ele, o Brasil investe cerca de 1,3% do Produto[…]

Leia mais »

3 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami