inova.jor

inova.jor

Começa a Olimpíada mais tecnológica da história

Olimpíada: GE fornece tecnologia para Rio de Janeiro
GE ilumina mais de 4 milhões de metros quadrados dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 / Divulgação

Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro começam oficialmente hoje (5/8). A competição acontece pela primeira vez no Brasil.

Novas tecnologias estão sendo aplicadas em áreas como segurança, comunicação, energia e mobilidade urbana. Parte dessa inovação ficará de legado para a cidade.

Iluminação inteligente

A GE e a Current, startup de tecnologia criada pela própria GE, são responsáveis pela entrega de 1.600 luminárias LED para o Aterro do Flamengo e bairro da Lapa, unindo soluções de LED, energia solar, armazenamento de energia e veículos elétricos com a plataforma de software Predix.

Com essa plataforma, é possível analisar o consumo de energia com base em padrões de big data, aumentando a eficiência de sistemas de iluminação e energia.

A tecnologia deve reduzir pela metade o consumo de energia relacionado à iluminação, ao permitir o controle da intensidade de luz de acordo com o horário para reduzir custos, além de permitir melhor visibilidade para pedestres e motoristas.

A tecnologia também está presente na Vila Olímpica e Paralímpica e na Lagoa Rodrigo de Freitas.

Tráfego de dados

Com o aumento de compartilhamento de imagens e vídeos, é esperado que o tráfego de dados para os Jogos de 2016 seja quatro vezes maior que o registrado há 4 anos, em Londres. O Rio de Janeiro deve consumir uma capacidade de 240 gigabits por segundo.

America Móvil, dona da Claro, Embratel e NET, oferece uma rede com uma velocidade de até 40 gigabits por segundo para seus clientes durante os jogos.

A América Móvil e a Cisco criaram o Backbone Olímpico, uma rede com mais de 370 quilômetros de fibra óptica e conexão com mais de 60 mil pontos de acesso à rede, em mais de 100 novos postos de transmissão 3G e 4G.

Parte da estrutura montada nas instalações olímpicas, deve permanecer em atividade após o evento.

A Cisco também tem um projeto de inovação urbana no Porto Maravilha, no Rio, que inclui uma solução de bueiro inteligente.

Mobilidade urbana

A prefeitura do Rio de Janeiro, em parceria com o Moovit, aplicativo de transporte público israelense, fornecerá informações em tempo real, com versões em 35 idiomas, sobre os percursos mais rápidos e seguros para rotas de ônibus, metrô e trem na cidade.

O aplicativo vai ajudar o público a chegar aos locais de competição e os cidadãos cariocas a se deslocarem pela cidade no período em que houver mudanças e restrições no trânsito.

prefeitura do Rio de Janeiro informa que 50 quilômetros de novas linhas foram mapeados com informações de trânsito para garantir um transporte eficiente para os 1,5 milhões de usuários Moovit locais e os esperados 500.000 visitantes.

Para atender a frota de 5 mil veículos que vai transportar as comitivas de vários países durante a Olimpíada, a Here, empresa de cloud computing, em parceria com a MTM, especializada em tecnologias móveis, lançaram o Route Planner, um serviço de geolocalização disponível em modo online e offline.

A ferramenta possui mais de 70 mil rotas configuradas e permite que o percurso das comitivas possa ser planejado com antecedência e atualizações de tráfego em tempo real.

Todos os carros que transportarão comitivas, funcionários e voluntários estão equipados com a solução.

A TIM Brasil vai fornecer, para a prefeitura, dados sobre localização de seus clientes, para ajudar a melhorar a mobilidade na cidade.

Segurança aérea

A Iacit, empresa de soluções de tráfego aéreo, forneceu ao Exército Brasileiro um sistema de contramedida eletrônica (jammer) para bloqueio de drones durante a Olimpíada. A tecnologia é inédita em eventos desse porte e 100% nacional.

O sistema poderá ser usado em diversas situações após o evento, como proteção de estabelecimentos governamentais e militares, refinarias de petróleo e gás, prisões e centros de detenção, grandes eventos, comboios e controle fronteiriço, entre outras.

A Anatel concedeu autorização para que as Forças Armadas realizem interferência no espectro eletromagnético durante os grandes eventos como a Olimpíada e Operações de Garantia da Lei e da Ordem.

Pulseira de pagamento

A Visa Brasil e o Bradesco, patrocinadores da Olimpíada, lançaram uma pulseira de pagamentos. Disponível para três mil convidados, a pulseira usa a tecnologia Near Field Communication (NFC) e foi desenvolvida pela Gemalto, empresa de segurança digital.

É a mesma tecnologia utilizada em serviços móveis de pagamento como a Apple Pay, Google Pay e Samsung Pay.

Para compras de até R$ 50, basta aproximar o pulso das máquinas leitoras de cartões com a função NFC. Valores maiores precisam de uma senha para liber a transação.

Cerca de 4 mil máquinas com leitores de NFC estão instaladas nos locais dos jogos.

Correção. Uma versão anterior deste texto dizia que o Complexo de Tênis, Velódromo, Centro Paralímpico Brasileiro e arenas Carioca 1, 2 e 3 também usavam iluminação LED da GE. Na verdade, a tecnologia de iluminação desses locais é outra. Corrigido em 8/8/2016.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

O smartwatch da Apple deixou recentemente de ter aplicativos importantes como Google Maps / informedmag.com/Creative Commons

Para onde vai o mercado de relógios inteligentes

O relógio inteligente (ou smartwatch) já foi apontado o sucessor do smartphone como grande sucesso do mercado de eletrônicos de consumo. Mas a previsão não se concretizou. No ano passado, as vendas mundiais do produto apresentaram, pela primeira vez na história, queda em faturamento (de 2%, segundo a consultoria Strategy[…]

Leia mais »
O jornalista Ethevaldo Siqueira foi entrevistado no programa Roda Viva / Renato Cruz/inova.jor

No Roda Viva, Ethevaldo Siqueira fala sobre o futuro da tecnologia

Ontem (3/4), Ethevaldo Siqueira foi o entrevistado do programa Roda Viva, da TV Cultura. Ele falou sobre o futuro da tecnologia e sobre a sua trajetória. Aos 50 anos de carreira, Ethevaldo foi o primeiro jornalista especializado em tecnologia do Brasil. Fui um dos entrevistadores no programa de ontem. Comentários comentários

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami