inova.jor

inova.jor

Cetip cria programa de aceleração para fintechs

Cetip: As fintechs ficarão em um co-working durante o processo de aceleração / Heisenberg Media / Flickr / Creative Commons
As fintechs ficarão em um coworking durante o processo de aceleração / Heisenberg Media/Creative Commons

Cada vez mais empresas consolidadas apostam em startups. A Cetip, gigante do mercado financeiro, anunciou ontem (11/8) o programa de aceleração Foresee, que beneficiará 10 fintechs (empresas de tecnologia que oferecem serviços financeiros).

O programa acontecerá em Florianópolis, com apoio da aceleradora Darwin Starter. Por nove meses, as startups ficarão no coworking da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate) recebendo suporte e orientações.

A primeira rodada do projeto receberá startups de todo o Brasil. As selecionadas receberão aporte de R$ 170 mil.

Após o período de aceleração, as fintechs serão apresentadas a investidores. É possível ainda que recebem um novo aporte da Cetip, de acordo com os interesses da empresa.

As inscrições começarão no fim deste mês e serão feitas pelo site da aceleradora. As empresas serão avaliadas por executivos da Cetip e do Darwin Starter.

Para ser selecionada, a startup precisa estar em estágio inicial de desenvolvimento. Os critérios de seleção são perspectiva de longo prazo, equipe e produto.

Colaboradores

O projeto Forensee contemplará também os funcionários da Cetip. Nas palestras do Fórum Know, promovido pela Cetip, empreendedores que participam do projeto explicarão sobre as ferramentas e importância de inovação para os colaboradores.

Executivos da Cetip vão oferecer mentoria para os empreendedores das fintechs.

Outra empresa que abriu um processo de seleção de startups para aceleração recentemente foi a Pfizer, que busca empresas iniciantes do setor de saúde.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

No hall de entrada da Nimbi há área de socialização e cerveja à vontade / Divulgação

Por que a Nimbi mudou de cidade e de modelo de negócios

Criada em 2000, a Nimbi resolveu adotar o modelo ágil, simplificado e digital das startups atuais. Com a ideia de testar produtos com os próprios consumidores o processo de criação é mais rápido e objetivo. Anteriormente chamada de Webb, a Nimbi investiu R$ 40 milhões em 2015 para renovar sua operação,[…]

Leia mais »
Fábio Abatepaulo, da Unisys, e Ítalo Flammia, da Porto Seguro, participaram do programa Start Eldorado, que teve como temas computação em nuvem e startups / Divulgação

Start Eldorado: Saiba sobre computação em nuvem e startups

Os temas do programa Start Eldorado da última quarta-feira foram computação em nuvem e startups. Conversei com Fábio Abatepaulo, diretor de serviços de consultoria da Unisys para a América Latina, e Ítalo Flammia, diretor de tecnologia da Porto Seguro. Você pode ouvir o programa abaixo: Quando ouvir O programa vai[…]

Leia mais »

1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *