inova.jor

inova.jor

Com fábrica local, B.blend aposta em inovação aberta

B.blend inaugura a mais moderna fabrica de multibebidas em cápsulas do mundo / Divulgação

A B.blend, joint venture da fabricante de eletrodomésticos Whirlpool e da empresa de bebidas Ambev, anunciou hoje (23/8) a inauguração de sua primeira fábrica de cápsulas de bebidas no Brasil.

Instalada numa unidade da Ambev em Sete Lagoas (MG), a unidade fabril ocupa 1,6 mil metros quadrados e inicia as operações com 15 funcionários. Não foi divulgado o investimento no projeto.

Fruto da ideia de uma trainee da Whirlpool, a B.blend foi lançada depois de quatro anos de pesquisas e gerou 13 patentes nacionais.

A fábrica adota um processo produtivo que permite envasar mais de 10 categorias de bebida na mesma linha de produção de forma automatizada e asséptica.

Segundo a empresa, esse sistema permite ter bebidas 100% naturais, sem necessidade de adição de conservantes e armazenamento refrigerado.

As opções de cápsulas incluem sucos de frutas, refrigerantes, chás, cafés e chocolate quente.

Colaboração

A B.blend aposta na inovação aberta para ampliar as opções de bebidas em cápsulas.

Das cinco novas marcas de bebidas a serem lançadas nos próximos meses, duas delas, Puro Gosto e Levez, são  resultado do projeto Lab Experience, em que um grupo de 20 consumidores contribuiu com ideias e sugestões para a criação de novas bebidas.

“Por meio do projeto foi possível entender as necessidades e estreitar o relacionamento com os consumidores”, explica Omar Zeyn, CEO da B.blend. A busca por opções saudáveis dos consumidores resultou em uma linha de sucos 100% naturais, a Puro Gosto, e a linha de néctares Levez.

O modelo de inovação aberta também permite firmar parcerias com diversos fornecedores de bebidas, de marcas já estabelecidas a ainda desconhecidas.

A expectativa da empresa é lançar outros sabores até o fim do ano, ampliando seu portfólio para mais de 30 bebidas em cápsula.

Produtos saudáveis

A população brasileira está mais preocupada com a saúde e o corpo. Segundo o Estudo Global Nielsen de Saudabilidade, 57% da população brasileira tentam emagrecer e, desse total, 78% tem mudado os hábitos alimentares.

O consumo de bebidas com apelo saudável, como sucos e chás prontos, mesmo mais caras, continua a crescer. O estudo aponta que a venda de sucos prontos teve aumento de 15% sobre 2013, ou seja, mais de 2,8 milhões de lares no País consomem esse tipo de bebida.

O aumento da venda de chás foi de 20% no mesmo período, com mais de 2 milhões de lares a consumir o produto.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

O jornalista Renato Cruz comenta a transição da Microsoft para o modelo de computação em nuvem

Como está a transição da Microsoft para a nuvem

O jornalista Renato Cruz comenta a transição da Microsoft para o modelo de computação em nuvem. Ontem (20/7), a empresa divulgou seus resultados do quarto trimestre fiscal. A receita da divisão Intelligent Cloud alcançou US$ 7,4 bilhões, um crescimento de 11% sobre o mesmo período de 2016. Assine o canal do[…]

Leia mais »
Elisabeth Reynolds, do MIT, afirma que política industrial brasileira atrapalha política de inovação / Renato Cruz/inova.jor

Quais são os principais obstáculos à inovação no Brasil

Apesar das políticas de incentivo à inovação, o Brasil não vai muito bem nessa área. Um estudo do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês), patrocinado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), apontou obstáculos às atividades inovadoras no país, e fez seis recomendações: garantir que as[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami