inova.jor

inova.jor

MCTIC: ‘Estamos comprometidos com fundo garantidor’

André Borges afirma que o MCTIC está comprometido com o fundo garantidor para provedores regionais / Herivelto Batista/ASCOM-MCTIC
André Borges, do MCTIC, preferiu não definir datas para o fundo garantidor / Herivelto Batista/ASCOM-MCTIC

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) está comprometido com o fundo garantidor para os provedores regionais de internet, segundo André Borges, secretário de Telecomunicações do MCTIC.

Ontem (2/11), o inova.jor publicou um artigo assinado por Erich Rodrigues, presidente da Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint), que destaca a importância do fundo garantidor para que os pequenos provedores tenham acesso a financiamento.

“Porém, o fundo de aval não tem sido abastecido com recursos pela atual administração do secretário de Telecomunicações, André Borges, que assumiu o cargo em julho”, escreveu Rodrigues.

Borges comentou o tema, em e-mail ao inova.jor:

    “Apesar da curiosa referência de pouco caso, nós também identificamos nesse assunto um elemento que pode ajudar os provedores regionais e, portanto, o desenvolvimento da banda larga no que diz respeito à relevante atuação deles.
    Temos despendido tempo e esforço não só na atenção quanto à relevante demanda desse segmento, quanto às providências para viabilizar essa ferramenta em várias frentes.
    Estamos comprometidos em viabilizar esse objetivo.
    Pensei que soubessem disso. Infelizmente, ainda não consegui entregar esse resultado nos quatro meses na função.”

O secretário do MCTIC informou que ainda não existe um prazo definido para que isso aconteça.

Participação de mercado

Os provedores regionais de internet tinham, em julho, 2,6 milhões de acessos, o que representava cerca de 10% do total de acessos de banda larga fixa existentes no País.

Durante o Futurecom, André Borges informou que o governo trabalha num novo plano de banda larga, que inclui ampliar de 60% para 75% os municípios brasileiros alcançados pela rede de transporte de fibras ópticas.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Para Sherry Turkle, a conectividade tem tirado nossa capacidade de ficar sozinhos

Estamos perdendo a capacidade de conversar por causa do smartphone?

Ciberespaço é um conceito que já não faz sentido, e seu próprio criador, o escritor William Gibson, admite isso. Antes, nos conectávamos para ir a um mundo virtual. Hoje, estamos o tempo todo conectados, com um smartphone no bolso e várias telas ao nosso redor a mostrar informações digitais. Mas quais os impactos dessa hiperconectividade[…]

Leia mais »
Evento da TelComp discute perspectivas para as telecomunicações em 2017 / Michael Coghlan/Creative Commons

‘Regras do setor são incompatíveis com o mundo digital’

Este ano não foi fácil para as telecomunicações, diante das incertezas geradas pela necessidade de mudança na regulação e pelos cenários macroeconômico e político. No começo do próximo mês, a Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas (TelComp) realiza um evento para discutir o cenário de mudanças para[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami