inova.jor

inova.jor

Empresas viram coworking por um dia para empreendedoras

Empreendedoras: Grupo Linx é uma das empresas que participará do Coworking Week, da Girls in Tech / Divulgação
Grupo Linx é uma das empresas que participará do Coworking Week, da Girls in Tech / Divulgação

Empreendedoras brasileiras poderão ter acesso a espaço para trabalhar e fazer networking durante um dia numa empresa de tecnologia.

A chance faz parte do projeto Coworking Week, que acontece em três cidades: Florianópolis, Rio de Janeiro e São Paulo.

Na inscrição, a empreendedora pode escolher se quer usar o espaço do Vagas.com, Gazeus, Linx+Neemu+Chaordic, Resultados Digitais ou GetNinjas por um dia.

As vagas são limitadas e é cobrada a taxa simbólica de R$ 20 por empreendedora.

O evento faz parte do calendário da Girls in Tech Brazil, braço da organização internacional voltada para a educação, engajamento e empoderamento de meninas e mulheres apaixonadas por tecnologia.

A ideia do Coworking Week é inspirada na cultura de compartilhamento comum em empresas de tecnologia do Vale do Silício.

Profissionais de referência

Durante o dia, a empreendedora pode usar o espaço para aprimorar estratégias do seu próprio negócio, trabalhando ao lado de profissionais de referência no mercado.

Antes de escolher a empresa que servirá de coworking, a organização aconselha que a empreendedora identifique os principais problemas enfrentado pela sua startup, para então definir qual das empresas parceiras é a mais especializada no tema.

A expectativa é que durante o dia aconteça troca de aprendizado e networking entre empreendedoras e funcionários da companhia de tecnologia.

Abaixo, as datas e os locais que podem ser escolhidos pelas empreendedoras.

São Paulo

  • 22/11 – Vagas.com
  • 23/11 – GetNinjas

Rio de Janeiro

  • 28/11 – Gazeus

Florianópolis

  • 30/11 – Linx+Neemu+Chaordic
  • 02/12 – Resultados Digitais

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

A VR Monkey foi uma das oito startups escolhidas pelo Programa de Promoção da Economia Criativa / Divulgação/VR Monkey

Realidade virtual atrai investimento no Brasil

A startup paulistana VR Monkey, que desenvolve soluções de educação em realidade virtual, é uma das empresas escolhidas para participar do Programa de Promoção da Economia Criativa. Parceria entre Samsung, Associação de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e Centro de Economia Criativa e Inovação da Coreia do Sul, o programa prevê[…]

Leia mais »
Aplicativo: Omar Pavel (de pé) criou mais de 40 aplicativos / Renato Cruz/inova.jor

Como fazer um aplicativo de sucesso

O programador Omar Pavel, presidente da Interactive Media Dream (IMD), é especialista em aplicativos. Desde 2009, desenvolveu mais de 40 deles. O mais recente foi criado para a fintech HugPay, que permite a emissão de cartões virtuais. A cada transação, o usuário gera um número de cartão que pode ser[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami