inova.jor

inova.jor

São Paulo terá batalhas de startups de inteligência artificial

A batalha entre startups de inteligência artificial já aconteceu outras duas vezes em Boston e Valência / Machine Learning Valencia / Divulgação
A batalha de inteligência artificial já aconteceu em Boston e Valência / Machine Learning Valencia/Divulgação

Batalhas entre startups com soluções em inteligência artificial decidirão qual empresa será o novo participante da Wayra, aceleradora do grupo Telefônica, que também é dona da Vivo. O vencedor também receberá apoio da Microsoft.

A competição acontecerá em 9 de dezembro e é organizada pela empresa norte-americana BigML em parceria com a Open Future, programa de inovação aberta da Telefônica.

Na terceira edição, o evento global acontecerá pela primeira vez no Brasil. As edições anteriores foram realizadas em Boston (EUA) e Valência (Espanha).

Seleção por algoritmo

Durante o evento, as empresa vão apresentar seus projetos em inglês e passarão por avaliação feita por um algoritmo de inteligência artificial, chamado PreSeries, que vai calcular a chance de sucesso de cada uma delas.

As startups receberão uma nota do algoritmo, sem a interferência humana. O PreSeries é configurado para refletir um grande modelo preditivo, com informações de milhares de startups pelo mundo.

O algoritmo considera ainda as rodadas de investimento feitas pelas empresas até o momento.

A startup escolhida pelo algoritmo será convidada a ingressar mo time de aceleradas da Wayra. A empresa participará pelo processo de monitoramento, treinamento e conexão com a rede global de negócios oferecido pelo programa.

Após os seis meses de aceleração, a startup vencedora poderá receber um aporte de US$ 50 mil. Em contrapartida, disponibilizará entre 7% a 10% da empresa para a Telefônica.

O vencedor levará ainda US$ 120 mil em créditos de serviços da Microsoft Azure válidos por dois anos. Além disso, receberá o selo BizSpark Plus, do programa de benefícios para startups da Microsoft.

Os interessados em disputar uma das cinco vagas finalistas precisam se inscrever pela internet até 29 de novembro. A lista com os aprovados será divulgada em 1.º de dezembro.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Fintech criada pela Caixa quer mudar o mercado de seguros

Mais da metade das pessoas que possuem contas bancárias no mundo usa algum produto ou serviço de pelo menos uma fintech (empresas de finanças com alto apelo tecnológico). A informação faz parte da primeira edição do estudo World FinTech Report (WFRT), fruto de parceria entre LinkedIn, Capgemini e Efma. Segundo o estudo,[…]

Leia mais »
A Siemens apresentou aplicações baseadas no conceito de gêmeo digital em Hannover / Renato Cruz/inova.jor

O que esperar da tecnologia em 2018

Este ano promete ser de mudanças rápidas no mercado. Tecnologias consolidam-se e trazem resultados mais amplos a partir de agora. Abaixo, destaco quatro tendências apontadas por pesquisas e relatórios internacionais que devem se fortalecer durante 2018. 1. Interface invisível Com o avanço da tecnologia digital, consumidores convivem com uma proliferação[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *