inova.jor

inova.jor

Capgemini promove competição mundial de startups

Capgemini: As startups vencedoras receberão até US$ 50 mil em aporte / Zona Coworking/Creative Commons
As startups vencedoras receberão até US$ 50 mil em aporte / Zona Coworking/Creative Commons

Startups de todo o mundo podem se inscrever na competição InnovatorsRace50, criado pela consultoria Capgemini.

Cinco startups serão premiadas com US$ 50 mil em investimento equity-free, ou seja, sem participação acionária em troca do aporte.

Ao todo, 50 novas empresas serão selecionadas e divididas em cinco grupos de interesses:

  • govtech & empresas sociais,
  • fintech & mobilidade,
  • consumidores & bem-estar,
  • processos digitais & transformação, e
  • dados & segurança.

Especialistas ajudarão a escolher dez finalistas, que terão a oportunidade de interagir com profissionais de tecnologias voltadas para as suas áreas em uma das cinco Applied Innovation Exchanges (AIEs) da Capgemini.

De abril a maio, as startups poderão testar e aplicar suas propostas de inovação nas AIEs de Londres, Mumbai, Munique, Paris e São Francisco.

Profissionais auxiliarão com as propostas e a preparação para a apresentação final.

As cinco empresas vencedoras poderão ainda ter acesso a participação em eventos globais de tecnologia, acesso aos especialistas de mercado e a possibilidade de se tornar um parceiro da Capgemini.

O resultado final será anunciado dia 5 de outubro.

Série na web

Toda a competição poderá ser acompanhada na íntegra em uma web-série intitulada de InnovatorsRace50, a ser exibida entre setembro e outubro.

A rede CNN Internacional também exibirá a série em outubro, num programa chamado Unicorns, no canal de televisão e no website.

Os interessados precisam se inscrever até 28 de fevereiro.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Apesar da melhora no ranking do GII, Brasil ficou atrás de outros países latino-americanos / Renato Cruz/inova.jor

Como o ambiente de negócios prejudica a inovação no Brasil

O Brasil melhorou sua posição no Índice Global de Inovação (GII, na sigla em inglês), passando do 69º para 64º lugar entre 126 países. O ranking de 2018 foi divulgado hoje (10/7) em Nova York pela Universidade Cornell, Insead e Organização Mundial da Propriedade Intelectual (Ompi). Apesar da melhora, a[…]

Leia mais »
O Mining Hub procura soluções para o setor de mineração / Divulgação

Mining Hub busca startups com soluções para mineração

O Mining Hub, iniciativa de inovação que reúne grandes empresas de mineração, está com inscrições abertas para startups. Os interessados podem se inscrever até 11 de janeiro no site do programa. As startups selecionadas vão ocupar um dos seis andares da WeWork Savassi Mall, em Belo Horizonte (MG). Podem se[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *