inova.jor

inova.jor

Brasil perde 13,7 milhões de acessos móveis em 2016

O Brasil perdeu 13,7 milhões de acessos móveis no ano passado, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

O número inclui chips de celular, sistemas de comunicação máquina a máquina, placas de internet móvel e máquinas de cartão.

O País encerrou 2016 com 244 milhões de acessos, uma queda de 5,3% sobre o ano anterior.

Segundo a agência, os consumidores desistiram de manter chips de diversas operadoras, que usavam para aproveitar promoções em chamadas intrarrede.

A desaceleração econômica também contribuiu para a redução da base.

A maior queda de clientes foi da Oi, que se encontra em processo de recuperação judicial. A empresa perdeu 12,3% de seus acessos, fechando o ano com 42,1 milhões.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

André Borges afirma que o MCTIC está comprometido com o fundo garantidor para provedores regionais / Herivelto Batista/ASCOM-MCTIC

MCTIC: ‘Estamos comprometidos com fundo garantidor’

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) está comprometido com o fundo garantidor para os provedores regionais de internet, segundo André Borges, secretário de Telecomunicações do MCTIC. Ontem (2/11), o inova.jor publicou um artigo assinado por Erich Rodrigues, presidente da Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint),[…]

Leia mais »
Vídeo está em risco com novos limites na banda larga / Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Como os limites à banda larga vão atrapalhar sua vida

Difícil lembrar de algum setor, além das telecomunicações, em que demanda crescente é considerada problema. O tráfego de internet têm avançado rapidamente e a solução encontrada pelas principais empresas do setor foi limitar o uso da banda larga fixa. Na semana passada, a Vivo anunciou franquias de dados, parecidas com as que[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami