inova.jor

inova.jor

Google seleciona segunda turma de residentes do Campus São Paulo

O Campus São Paulo é o primeiro coworking do Google na América Latina/ Divulgação
O Campus São Paulo é o primeiro coworking do Google na América Latina / Divulgação

O Google está com inscrições abertas para a segunda turma de residentes do Campus São Paulo, na região da Avenida Paulista. Três andares do prédio foram reservados para o programa de startups residentes.

As empresas selecionadas terão seis meses de espaço de trabalho permanente sem nenhum custo e oportunidades para participar de programas de imersão globais, além de eventos e conteúdos exclusivos.

O programa tem interesse em startups com alto potencial de impacto e diversidade na equipe. A preferência é por desenvolvedores de soluções móveis, inteligência artificial e aprendizado de máquina, realidade virtual e tecnologias para mercados emergentes.

Para se tornar residente, é necessário fazer a inscrição e passar por um processo seletivo. A avaliação é feita pelo time do Campus São Paulo, além de empreendedores e investidores. As inscrições podem ser feitas até sexta-feira (27/1).

O Google Campus São Paulo é o primeiro coworking da empresa na América Latina.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Geotecnologias: A Agrotools quer oferecer serviços em nuvem ao pequeno produtor / Secretaria de Agricultura e Abastecimento/Creative Commons

Startup oferece plataforma de compra e venda para o agronegócio

Em tempos de recessão, o agronegócio está entre os poucos setores que crescem no Brasil. Segundo a Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o avanço somou 4,28% nos primeiros dez meses de 2016. A WebGados foi criada para aproveitar esse cenário. Inicialmente, a ideia era criar uma plataforma de comercialização online de gado de corte e[…]

Leia mais »
Pedro Reiss, copresidente da F.biz / Paulo Bueno/inova.jor

Como a inteligência artificial afeta marcas e consumidores

Pedro Reiss, copresidente da F.biz, fala sobre os impactos da inteligência artificial no marketing, sobre o crescimento dos bots (agentes de software que entendem linguagem natural) e sobre o futuro dos departamentos de tecnologia da informação (TI) nas empresas. Comentários comentários

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami