inova.jor

inova.jor

Só a banda larga cresce nas telecomunicações brasileiras

Infraestrutura: Discussão sobre franquia de dados da banda larga tem se limitado ao acesso / mohsend72/Creative Commons
O Brasil ganhou 1,1 milhão de novos clientes de banda larga fixa no ano passado / mohsend72/Creative Commons

No ano passado, a banda larga fixa foi o único serviço de telecomunicações que cresceu no Brasil, de acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

O País ganhou 1,1 milhão de novos acessos, o que representou um crescimento de 4,33% sobre 2015. Em novembro e dezembro, no entanto, a banda larga fixa apresentou queda de 0,58%, o que indica desaceleração.

A telefonia móvel foi o serviço que apresentou a maior queda, com perda de 13,7 milhões de linhas (5,3% do total), apesar do avanço da quarta geração (4G).

A TV paga também teve queda de 1,63% na base de assinantes, com a perda de 311,3 mil contratos, enquanto as linhas fixas mantiveram a tendência de queda registrada em outros anos.

O Brasil perdeu 1,8 milhão de telefones fixos em 2016.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

A USP lidera a produção científica mundial sobre cosméticos / Juanedc/Creative Commons

Quais foram as 10 reportagens mais lidas de 2016

Big data, internet das coisas, expansão da banda larga e investimentos em startups foram alguns dos temas de tecnologia e inovação em destaque neste ano. Isso se reflete na relação das dez reportagens mais lidas de 2016 no inova.jor. De certa forma, a lista também serve como retrospectiva do ano. Apesar da[…]

Leia mais »
Brasileiros têm concentrado comunicação em aplicativos como o WhatsApp

Por que o Brasil precisa de uma política de conectividade

Observe atentamente estes dados: o tráfego global anual sobre protocolo de internet (IP, na sigla em inglês) vai alcançar 3,3 zettabytes (ZB) até 2021, quase o triplo do que foi registrado no ano passado. Esse volume vai corresponder a 30 gigabytes (GB) per capita, considerando que cada usuário terá no[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami