inova.jor

inova.jor

Solução de nuvem pode reduzir custo de TI em 25%

Grandes empresas devem migrar para nuvem mesmo com infraestrutura própria / Chirstopher Bowns / Creative Commons
Grandes empresas devem migrar para nuvem mesmo com infraestrutura própria / Chirstopher Bowns/Creative Commons

As empresas de grande porte podem economizar, ao longo de cinco anos, ao menos 25% no total dos custos em tecnologia da informação (TI) se adotarem uma nuvem privada a partir de infraestrutura existente.

O valor foi calculado pela Nokia e tem como base o modelo de custo total de propriedade (TCO, na sigla em inglês).

O ponto de equilíbrio de rentabilidade da migração para uma rede híbrida é previsto para acontecer em até três anos após o início do investimento.

A análise se aplica a nuvens privadas baseadas em OpenStack (plataforma de software para nuvem de código aberto), associadas a tecnologia SDN (sigla em inglês de redes definidas por software) e montadas com componentes de diversos fornecedores.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

A Voith criou um mercado digital de papel reciclado nos Estados Unidos / Divulgação

Aos 150 anos, Voith aposta na transformação digital

Fundada em 1867, a Voith fortalece sua presença no mundo digital. O grupo alemão fornece máquinas para setores como energia, petróleo e gás, papel, extração de matérias-primas e transporte e automotivo. Recentemente, criou a divisão Digital Solutions, que reúne suas operações de tecnologia da informação, automação, software e sensoriamento. Diante[…]

Leia mais »
Produtores fazem análise de informações em tempo real com software de business intelligence / Kessy Silva/Creative Commons

Agronegócio mantém crescimento com tecnologia

No ano passado, quando o Produto Interno Bruto brasileiro caiu 3,8%, o único setor econômico a apresentar crescimento foi a agropecuária, que avançou 1,8%. Para ser competitivo no mercado internacional, o agronegócio faz uso intensivo de tecnologia. A tecnologia aplicada às commodities agrícolas vai de sementes geneticamente modificadas a internet das coisas para[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami