inova.jor

inova.jor

RTM busca startups com soluções para o mercado financeiro

Desafio RTM procura soluções para o mercado financeiro / Ben Piven/Creative Commons
Desafio RTM procura soluções para o mercado financeiro / Ben Piven/Creative Commons

A Rede de Telecomunicações para o Mercado (RTM), em parceria com a Fintechlab, procura startups com soluções para o mercado financeiro.

Além de fintechs, o programa Desafio RTM é destinado a empresas iniciantes que atuem em telecomunicações, tecnologia da informação e conectividade.

Elas precisam estar em fase de teste comercial, operacional, crescimento ou expansão.

Avaliação

Na primeira fase, a RTM selecionará as startups por meio de um questionário.

Os itens avaliados são:

  • qualificação da equipe,
  • potencial de geração de valor,
  • capacidade de entrega,
  • grau de inovação e
  • viabilidade técnica para ganho de escala.

Ao fim do programa, 10 startups participarão de uma fase de concepção de projetos, com mentoria da RTM. Os melhores projetos podem receber investimento da empresa.

O Desafio RTM tem duração de nove meses, divididos em quatro fases.

As inscrições podem ser feitas até o dia 13 de maio no site do programa.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Desafios para adotar o conceito de open banking são mais regulatórios que tecnológicos / Luiz Michelini/Divulgação

Por que o banco do futuro é uma plataforma

No ano passado, pela primeira vez na história, os aplicativos foram o principal canal de relacionamento dos bancos com seus clientes. Depois da mobilidade, o próximo passo é que os bancos se transformem em plataformas, conectadas a diversos serviços e dispositivos. Essa é uma tendência que mostrou força durante o[…]

Leia mais »
A plataforma Natura Startups foi lançada em maio / Divulgação

Por que a Natura quer estar perto das startups

Luciana Hashiba, gerente de Inovação da Natura, conta que as visitas ao ecossistema brasileiro de startups começaram em 2014. “Com o conceito de inovação aberta, trabalhamos cada vez mais em rede, com um olhar de empreendedorismo cada vez mais forte”, explica Hashiba. A inovação aberta ganhou força neste século, com a[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami