inova.jor

inova.jor

Nasa vai debater com o público descobertas de exoplanetas

Nasa quer explicar o potencial dos exoplanetas - NASA/JPL-Caltech/T. Pyle
Nasa quer explicar o potencial dos exoplanetas / Nasa/JPL-Caltech/T. Pyle

A descoberta de exoplanetas, planetas que orbitam estrelas fora do sistema solar, pode ser a esperança da existência de vida além da Terra.

Nos últimos anos, o telescópio Kepler detectou mais de 2,3 mil exoplanetas, sendo que 21 deles foram considerados promissores e potencialmente habitáveis.

A Nasa quer envolver o público nas descobertas. Amanhã (22/2), às 15h (horário de Brasília), a agência espacial vai promover uma conferência com cinco cientistas para discutir essas novidades.

O evento será transmitido ao vivo pela Nasa Television e pelo site da agência. Às 17h, no Reddit AMA (Ask Me Anything), cientistas vão responder a perguntas em inglês e espanhol.

Nono planeta

A Nasa têm incentivado a participação do público. Na semana passada, foi lançado o site Backyard Worlds: Planet 9, incentivando qualquer pessoa a vasculhar dados em busca de planetas além de Netuno nas informações coletadas pela agência.

 

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Estudo do Cetic.br apontou falta de recursos para tecnologia na área de cultura / Renato Cruz/inova.jor

Maioria das bibliotecas não oferece wi-fi público

Somente 32% das bibliotecas brasileiras oferecem wi-fi público. “Achamos que não é uma questão de não querer oferecer, mas de falta de infraestrutura mesmo”, afirmou ontem (17/1) Luciana Lima, coordenadora da pesquisa TIC Cultura 2016. A pesquisa foi divulgada pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da[…]

Leia mais »
Alunos utilizam o kit de eletrônica Rute / Reprodução

Como os brinquedos inteligentes podem transformar a educação

Ciência e raciocínio lógico podem ser ensinados com brinquedos inteligentes. Esse tipo de conhecimento é cada vez mais demandado pelo mercado de trabalho, com o crescimento da automação e do uso da tecnologia nas empresas. Entretanto, levar para as escolas a cultura maker, do faça você mesmo, ainda custa caro. O estudo Brinquedos inteligentes: hardware, apps[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami