inova.jor

inova.jor

Nasa vai debater com o público descobertas de exoplanetas

Nasa quer explicar o potencial dos exoplanetas - NASA/JPL-Caltech/T. Pyle
Nasa quer explicar o potencial dos exoplanetas / Nasa/JPL-Caltech/T. Pyle

A descoberta de exoplanetas, planetas que orbitam estrelas fora do sistema solar, pode ser a esperança da existência de vida além da Terra.

Nos últimos anos, o telescópio Kepler detectou mais de 2,3 mil exoplanetas, sendo que 21 deles foram considerados promissores e potencialmente habitáveis.

A Nasa quer envolver o público nas descobertas. Amanhã (22/2), às 15h (horário de Brasília), a agência espacial vai promover uma conferência com cinco cientistas para discutir essas novidades.

O evento será transmitido ao vivo pela Nasa Television e pelo site da agência. Às 17h, no Reddit AMA (Ask Me Anything), cientistas vão responder a perguntas em inglês e espanhol.

Nono planeta

A Nasa têm incentivado a participação do público. Na semana passada, foi lançado o site Backyard Worlds: Planet 9, incentivando qualquer pessoa a vasculhar dados em busca de planetas além de Netuno nas informações coletadas pela agência.

 

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Desafio da Singularity University no Brasil tem como tema a educação no século 21 / Divulgação

Singularity University lança desafio de inovação no Brasil

A Singularity University lançou um desafio de inovação no Brasil, em parceria com a Universidade Positivo. A competição está aberta a cidadãos e residentes no País. O SingularityU Brazil Global Impact Challenge tem como tema educação para o século 21, e os projetos propostos devem se encaixar nos seguintes eixos: acesso à educação[…]

Leia mais »
Renato Cruz comenta a decisão de Mark Zuckerberg de tirar dois meses de licença paternidade

Mark Zuckerberg vai tirar dois meses de licença paternidade

O editor do inova.jor, Renato Cruz, comenta a decisão de Mark Zuckerberg de tirar dois meses de licença paternidade, com o nascimento de sua segunda filha. Nos Estados Unidos, as empresas não são obrigadas a oferecer licença paternidade remunerada. Assine o canal do inova.jor no YouTube. Comentários comentários

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami