inova.jor

inova.jor

Brasil e União Europeia vão investir R$ 52 milhões em projetos de tecnologia

Brasil e União Europeia buscam projetos inovadores de tecnologia da informação / Leonardo Rizzi/Creative Commons
Brasil e União Europeia buscam projetos inovadores de tecnologia da informação / Leonardo Rizzi/Creative Commons

Brasil e União Europeia vão investir € 16 milhões (R$ 52 milhões) em projetos de tecnologia da informação e comunicação nas áreas de internet das coisas, computação em nuvem e redes de quinta geração (5G).

A 4ª Chamada Coordenada Brasil-União Europeia em Tecnologias da Informação e Comunicação foi lançada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).

Consórcios formados por universidades, institutos de pesquisa e empresas nacionais e europeias podem apresentar propostas até 14 de março.

As chamadas começaram em 2010 e já somaram investimentos de R$ 81 milhões.

Entre os projetos já apoiados estão biossensores para detecção de doenças tropicais, uma plataforma para compartilhamento de dados de biodiversidade e sensores usados na linha de produção de indústrias automobilísticas.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Renato Cruz conversa sobre segurança digital com Mário Rachid, da Embratel, e Rogério Reis, da NEC / Divulgação

Start Eldorado: Como garantir a segurança digital

Manter a segurança digital é um desafio cada vez maior com o crescimento da internet das coisas. Na quarta-feira (21/3), conversei com Mário Rachid, diretor executivo de soluções digitais da Embratel, e Rogério Reis, diretor de operações de segurança da NEC, no Start Eldorado. Você pode ouvir o programa abaixo: Quando[…]

Leia mais »
O Labelectron, da Fundação Certi, combina pesquisa e fabricação de produtos / Renato Cruz/inova.jor

Como deve evoluir a digitalização da indústria brasileira

Poucas indústrias brasileiras adotam tecnologias digitais avançadas. Segundo pesquisa do Projeto Indústria 2027, somente 1,6% das empresas encontra-se hoje na chamada Indústria 4.0. Em dez anos, esse percentual deve subir para 21,8%. A Indústria 4.0 promove a integração da automação da fábrica aos demais sistemas digitais da empresa, com adoção[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami