inova.jor

inova.jor

Maioria dos bancos não se sente capaz de detectar crime cibernético

Para a maioria dos clientes dos bancos, a segurança de dados é essencial / Ning Ham / Creative Commons
Para a maioria dos clientes dos bancos, a segurança de dados é essencial / Ning Ham/Creative Commons

Estudo realizado pela Capgemini, The currency of trust: why banks and insurers must make customer data safer and more secure (A moeda da confiança: por que bancos e seguradoras precisam tornar mais segura a transferência de dados do cliente), aponta que a maioria dos bancos não se sente capaz de detectar violação na segurança de seus sistemas.

Segundo o relatório, apenas um em cada cinco executivos bancários está altamente confiante na capacidade de detectar uma violação.

O índice de confiança dos próprios executivos é preocupante, pois 65% dos consumidores consultados consideram a segurança e a privacidade dos dados como um item extremamente importante na hora de escolher um banco.

O estudo ouviu 7,6 mil consumidores e mais de 180 profissionais de privacidade e segurança de dados de bancos e seguradoras em oito países.

O sistema financeiro brasileiro não foi consultado na pesquisa.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Principal fonte dos ataques foi o próprio Brasil, segundo relatório / Renato Cruz/inova.jor

Brasil registra 30 ataques de negação de serviço por hora

No ano passado, foram registrados 264,9 mil ataques de negação de serviço (DDoS, na sigla em inglês) dirigidos ao Brasil. A informação consta do 13º Relatório Anual sobre Segurança da Infraestrutura Global de Redes (WISR, na sigla em inglês), da Netscout Arbor. Nesse tipo de ataque, o criminoso domina um número[…]

Leia mais »
O mercado de cidades inteligentes é um dos focos da Atech para diversificar operações / Rafael Carvalho/Creative Commons

Atech, da Embraer, aposta em mercado corporativo e cidades

Criada em 1997 para desenvolver software para o Sistema de Vigilância da Amazônia (Sivam), a Atech pertence hoje ao Grupo Embraer. Em 2011, a Embraer Defesa & Segurança comprou 50% da Atech por R$ 36 milhões e, dois anos depois, adquiriu o restante da empresa. Atualmente, a empresa busca diversificar sua[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami