inova.jor

inova.jor

Renda maior e horário flexível levam mulheres a empreender

Maioria das mulheres empreendedoras no Brasil tem ensino superior e busca flexibilidade / Wocintech chat / Creative Commons
Maioria das mulheres empreendedoras no Brasil busca flexibilidade / Wocintech chat/Creative Commons

No próximo dia 8 será comemorado o dia internacional da mulher. Pensando nisso, o Fórum das Empreendedoras traçou o perfil das mulheres que empreendem no Brasil.

O levantamento foi feito com base em entrevistas realizadas com 1,3 mil mulheres em todo o País, que já são empreendedoras (85%) ou que pensam na hipótese de empreender (15%).

A maioria possui ensino superior completo (79%) e fatura até R$ 2,5 mil por mês (36%). Outras 33% das participantes afirmaram que já faturam mais de R$ 10 mil mensais.

Flexibilidade e renda

Trabalhar com o que gosta é o principal fator que as levam a empreender, disseram 66% das entrevistadas. O restante vê na opção uma forma de realizar um sonho.

A flexibilidade de horário (52%) e a opção de ter uma renda mensal maior (40%) são outros itens destacados pelo levantamento.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Incubadora de Sorocaba seleciona empreendedores

Startups e empreendedores com ideias inovadoras e soluções tecnológicas podem se inscrever até o fim deste mês no processo de seleção da Hubiz, incubadora do Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS), no interior de São Paulo. Atualmente 20 empresas estão sendo incubadas no parque. Durante o período de incubação, os empreendedores recebem consultoria e assessorias,[…]

Leia mais »
O mercado de aceleradoras é considerado consolidado e primordial para as startups brasileiras /Steven Zwerink/ Flickr / Creative Commons

Como as aceleradoras selecionam startups

Criar uma startup com amigos, sem levar em conta competências técnicas da equipe, pode decretar o fim de uma boa ideia. Estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP) aponta a estrutura da equipe como principal fator de eliminação de startups em processos de seleção de aceleradoras brasileiras. Realizado entre outubro de 2015 e janeiro deste ano,[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami