inova.jor

inova.jor

O que falta para a massificar os pagamentos móveis

Pagamentos móveis: Maioria já sabe que é possível pagar com o celular, afirma Edlayne Altherman Burr, da Accenture / Renato Cruz/inova.jor
Maioria já sabe que é possível pagar com o celular, afirma Edlayne Altherman Burr, da Accenture / Renato Cruz/inova.jor

A fase de divulgação dos sistemas de pagamentos móveis já passou. Segundo Edlayne Altherman Burr, diretora da Accenture, 56% das pessoas já sabem que dá para pagar com o celular.

“Antes, a prioridade era a educação dos consumidores”, explica Burr, que participou hoje do evento Cards Payment & Identification 2017, em São Paulo. “Atualmente, é entender o que leva ao uso dos pagamentos móveis.”

Os dois grupos que mais adotam os pagamentos digitais são os millennials (nascidos de meados da década de 1990 até o começo da década de 2000) e os consumidores de renda mais alta.

Alta renda

Ao contrário do que a maioria pode pensar, o uso de meios digitais de pagamento é maior entre os consumidores de alta renda do que entre os millennials.

Uma pesquisa mundial da Accenture mostrou que 35% das pessoas no grupo “mass affluent” (alta renda) usam pelo menos semanalmente usam o celular para pagamentos em lojas físicas, comparados a 28% dos millennials e 18% do total da população.

A maioria das pessoas planeja aumentar o uso de meios digitais nos próximos anos. Para a diretora da Accenture, uma forma de incentivar o uso seriam planos de recompensas, pontos e cupons.

Burr destacou que, de forma geral, a velocidade com que o brasileiro adota novas tecnologias é maior que a média mundial.

“Quando não recebe o prometido, também é mais revoltado”, afirmou. “O consumidor brasileiro abandona mais fácil o prestador de serviço, é mais difícil de voltar e reclama mais nas redes sociais.”

A Febraban informou recentemente que, no Brasil, as transações bancárias por celular já ultrapassaram o internet banking.

Tendências tecnológicas

A partir do estudo Accenture Techvision 2017, a executiva destacou cinco tendências para o setor financeiro brasileiro:

  • Definir novas normas – 71% das empresas financeiras do Brasil consideram entrar num consórcio de tecnologia que ajude a definir regras para a indústria.
  • Design para seres humanos – 53% das empresas financeiras brasileiras planejam uso extensivo de análise do comportamento humano e insights para guiar a definição da experiência do cliente.
  • Força de trabalho líquida – 88% concordam que as organizações que integram com êxito uma força de trabalho líquida em seu modelo de negócios ganharão vantagem competitiva significativa por meio da inovação.
  • Poder do ecossistema – 79% dos executivos acreditam ser muito importante adotar um modelo de negócios baseado em plataformas e envolver-se em ecossistemas com parceiros digitais.
  • Inteligência artificial é a nova interface do usuário – 91% concordam que a inteligência artificial vai revolucionar a maneira como eles ganham informações e interagem com os clientes.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Antonio Quintas, diretor sênior de Mobile da Samsung, apresenta os novos modelos A5 e A7 / Mariana Lima / inova.jor

Samsung investe na marca depois dos problemas com o Note 7

A Samsung vai investir pesado em marketing neste ano para reforçar sua marca no Brasil. A decisão foi tomada depois dos problemas enfrentados em 2016 pelo Galaxy Note 7, um de seus aparelhos de topo de linha, que foi retirado do mercado mundial depois de dezenas de celulares pegarem fogo. “O Brasil é um mercado muito[…]

Leia mais »
O mercado de cidades inteligentes é um dos focos da Atech para diversificar operações / Rafael Carvalho/Creative Commons

Atech, da Embraer, aposta em mercado corporativo e cidades

Criada em 1997 para desenvolver software para o Sistema de Vigilância da Amazônia (Sivam), a Atech pertence hoje ao Grupo Embraer. Em 2011, a Embraer Defesa & Segurança comprou 50% da Atech por R$ 36 milhões e, dois anos depois, adquiriu o restante da empresa. Atualmente, a empresa busca diversificar sua[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami