inova.jor

inova.jor

Roche e 100 Open Startups lançam desafio sobre oncologia

Vencedor do desafio da Roche deve ser anunciado em novembro / Marcello Bravo/Divulgação
Vencedor do desafio da Roche deve ser anunciado em novembro / Marcello Bravo/Divulgação

A farmacêutica Roche e o Movimento 100 Open Startups lançaram o desafio Transformando a Jornada Oncológica, para startups e grupos de pesquisa e desenvolvimento com projetos na área da saúde.

As inscrições podem ser feitas até 31 de julho.

O vencedor será anunciado em novembro, e receberá da Roche:

  • serviços de consultoria (construção de modelo de negócio, estratégia de crescimento ou estruturação interna);
  • subsídio de materiais de escritório/reagentes ou patrocínio para participar de um evento ou congresso internacional de referência.

Projetos inovadores

O desafio busca projetos nas seguintes áreas:

Descobertas oncológicas – terapias de primeira classe ou plataformas tecnológicas com o potencial de transformar descobertas e gerar medicamentos inovadores:

  • imunoterapia de câncer: terapias que promovam a imunidade contra o câncer, por meio de modulação da função de células efetoras do sistema imune e do microambiente tumoral;
  • terapias moleculares direcionadas: parcerias que proporcionem acesso a plataformas, tecnologias e dados de saúde;
  • tecnologias inovadoras: parcerias para aumentar a capacidade de pesquisa e desenvolvimento e complementar o portfólio da empresa, em particular relacionadas às modalidades: moléculas pequenas, anticorpos, terapias direcionadas, terapias baseadas em oligonucleotídeos e entrega de fármacos.

Oncologia digital – iniciativas para aumentar a eficiência da prestação de cuidados de saúde, com soluções digitais que ampliem a produtividade dos hospitais e capacitem pacientes com câncer para um melhor gerenciamento de cuidados pós-hospitalares:

  • softwares de gestão hospitalar e excelência operacional;
  • plataformas de gerenciamento de cuidados integrados centradas no paciente;
  • ferramentas de relatório de desempenho hospitalar para transparência para com o paciente;
  • dispositivos médicos domésticos e tecnologias para cuidados remotos;
  • vestíveis inteligentes para monitoramento de saúde.

Oncologia acessível – iniciativas para ajudar a resolver a distribuição desigual de recursos e serviços de câncer e melhorar a qualificação e distribuição de profissionais de saúde e equipamentos em todo o País:

  • conectar mais pacientes ao sistema de saúde e aos serviços de tratamento de câncer;
  • melhorar a detecção e diagnóstico do câncer;
  • melhorar a qualificação e distribuição de profissionais e equipamentos de saúde.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Cetip cria programa de aceleração para fintechs

Cada vez mais empresas consolidadas apostam em startups. A Cetip, gigante do mercado financeiro, anunciou ontem (11/8) o programa de aceleração Foresee, que beneficiará 10 fintechs (empresas de tecnologia que oferecem serviços financeiros). O programa acontecerá em Florianópolis, com apoio da aceleradora Darwin Starter. Por nove meses, as startups ficarão no coworking da Associação[…]

Leia mais »
Carolina Zarur é a responsável pela Cambly no Brasil / Divulgação

Cambly oferece curso de conversação em inglês por videoconferência

Conversação com nativos da língua inglesa disponíveis na hora e no dia que você quiser. Essa é a promessa da startup norte-americana Cambly, disponível tanto na versão desktop quanto para dispositivos móveis. Para funcionar, basta informar que quer começar a aula, e a startup garante que em questões de segundos[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami