inova.jor

inova.jor

Incubadora da Oi abre processo de seleção de startups

O Oito conta com incubadora, coworking, laboratório de IoT e espaço de eventos / Divulgação
O Oito conta com incubadora, coworking, laboratório de IoT e espaço de eventos / Divulgação

A Oi inaugurou hoje (24/8), no Rio de Janeiro, o Oito, seu espaço de empreendedorismo e inovação. A operadora também deu início à seleção de startups para um programa de incubação.

As inscrições vão até 15 de outubro.

Terão preferência empresas iniciantes com projetos nas seguintes áreas:

  • internet das coisas
  • cidades inteligentes
  • serviços de saúde
  • serviços de educação
  • publicidade digital
  • soluções de eficiência e produtividade

Cada startup pode receber aporte de até R$ 150 mil.

O programa de incubação do Oito foi desenvolvido em parceria com o Gênesis, instituto de empreendedorismo da Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio.

O empreendedor carioca Rafael Duton, sócio e fundador da aceleradora 21212 será consultor do programa.

O processo seletivo terá um período de pré-incubação de 30 dias, com 18 startups escolhidas por executivos da Oi e de parceiros.

Desse grupo inicial, serão selecionadas seis, que passarão por um processo de incubação de 12 meses.

Coworking e laboratório

Além das empresas incubadas, o Oito conta com um espaço de coworking, um laboratório de internet das coisas em parceria com a Nokia e um auditório para eventos.

A Oi anunciou, no ano passado, um processo de recuperação judicial. A operadora ainda não fechou acordo com os credores.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Geotecnologias: A Agrotools quer oferecer serviços em nuvem ao pequeno produtor / Secretaria de Agricultura e Abastecimento/Creative Commons

Como as geotecnologias ajudam o agronegócio

Quando estava à frente da Intel Brasil, no ano passado, Fernando Martins anunciou a criação, em parceria com a Jacto, do Centro de Inovação no Agronegócio (CIAg), para aplicar conceitos de big data e internet das coisas ao setor. Martins acaba de assumir a presidência da AgroTools, uma empresa brasileira de[…]

Leia mais »
No Rio, a região portuária recebeu uma série de novos serviços digitais / Renato Cruz/inova.jor

Por que nossas cidades precisam ser mais inteligentes

Entre os principais desafios das grandes cidades do mundo está a mobilidade urbana. Seja pela dificuldade cada vez maior para se deslocar, pela quantidade crescente de automóveis ou pela escassez de locais para estacionar os veículos, ver-se livre desses problemas exige, no curtíssimo prazo, mudar de endereço e escolher uma[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami