inova.jor

inova.jor

iDexo busca startups para programa de inovação

O instituto de inovação aberta iDexo abriu inscrições para seu primeiro programa de startups / Divulgação
O instituto de inovação aberta iDexo abriu inscrições para seu primeiro programa de startups / Divulgação

O iDexo abriu inscrições para seu programa StartupX, voltado para fintechs e startups com soluções de varejo. Os interessados podem se cadastrar até 14 de janeiro.

O instituto de inovação aberta oferece conteúdos de ideação, design thinking, temas técnicos como programação, coaching, direcionamento de negócios e mentoria interna e de mercado.

O programa StartupX tem 12 semanas de duração.

Processo de seleção

Os semifinalistas serão anunciados em 17 de janeiro e, no dia 23, haverá uma competição com pitching e banca avaliadora.

Os escolhidos serão anunciados no mesmo dia, e o programa começa em 29 de janeiro.

As startups vão participar de sessões de ideação e design thinking com a Hyper Island e receber aulas técnicas de temas como blockchain, internet das coisas e programação com o iMasters.

Os escolhidos também terão mentoria técnica e de negócios com a Totvs e outras empresas associadas.

No final do programa, as startups vão apresentar seus protótipos numa feira, e podem receber investimento de associados do iDexo e de outros investidores.

Instalado na sede da Totvs, na zona norte de São Paulo, o iDexo também tem parceria com a Hyper Island, RetailApp, Banco ABC Brasil, Soluti, Visa, Governo de Ontário, Mobile Marketing Association (MMA) e Associação Brasileira de Fintechs (ABFintechs).

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Mauiricio Ruiz, da Intel, alerta que as empresas brasileiras precisam inovar mais / Renato Cruz/inova.jor

‘Tudo está sendo transformado e está todo mundo sob pressão’

A principal fonte de ruptura no seu mercado pode ser uma empresa que você nem conhece. Esse foi um alerta feito hoje (27/11) por Maurício Ruiz, diretor geral da Intel Brasil, durante evento para imprensa. “Tudo está sendo transformado e está todo mundo sob pressão”, disse o executivo. “Nenhuma empresa[…]

Leia mais »
Geotecnologias: A Agrotools quer oferecer serviços em nuvem ao pequeno produtor / Secretaria de Agricultura e Abastecimento/Creative Commons

Startup oferece plataforma de compra e venda para o agronegócio

Em tempos de recessão, o agronegócio está entre os poucos setores que crescem no Brasil. Segundo a Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o avanço somou 4,28% nos primeiros dez meses de 2016. A WebGados foi criada para aproveitar esse cenário. Inicialmente, a ideia era criar uma plataforma de comercialização online de gado de corte e[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami