inova.jor

inova.jor

O que acontece na internet em um minuto

Internet: Mais de 4 milhões de vídeos são assistidos no YouTube a cada minuto / Renato Cruz/inova.jor
Mais de 4 milhões de vídeos são assistidos no YouTube a cada minuto / Renato Cruz/inova.jor

Em 2017, o número de pessoas conectadas à internet no mundo chegou a 3,7 bilhões.

A ITBroker, empresa de inteligência de mercado, fez um levantamento sobre o que acontece no mundo digital em um minuto:

  • 3.607.080 pesquisas são feitas no Google;
  • 103.447.250 e-mails classificados como spam são enviados;
  • 4.146.600 vídeos são assistidos no YouTube;
  • 45 mil novas corridas são feitas pela Uber;
  • 456 mil tuítes são compartilhados;
  • 154.200 chamadas são feitas pelo Skype;
  • 527.760 fotos são compartilhadas no Snapchat;
  • 120 novos profissionais são cadastrados no LinkedIn;
  • 69,4 horas de streaming são consumidas na Netflix;
  • 46.740 fotos são publicadas no Instagram;
  • 13 novas músicas são publicadas no Spotify.

Fontes

Os números foram captados em 18 de dezembro de 2017. As fontes consultadas foram: Expandedramblings.com; Wearesocial.com; Forbes, Bloomberg; IBM, Buzzfeed, Internet Live Stats, Internet World Stats BBC.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

MasterChef Brasil

Todos os olhos voltados para a segunda tela

A final da segunda temporada do reality show MasterChef Brasil, que revelou o ganhador pelo Twitter, foi o episódio mais comentado no microblog da história do programa. Das 22h30 desta terça (15) até a 1h15 da madrugada de quarta-feira (16), foram mais de 1,8 milhão de Tweets, que geraram 81,7[…]

Leia mais »
A LG anunciou o lançamento de dois modelos de televisores no Brasil / Renato Cruz/inova.jor

Vendas de TV 4K devem ultrapassar 1 milhão no Brasil

A crise econômica afetou o mercado de televisores de maneira especialmente severa. No ano passado, foram vendidas 7,8 milhões de unidades no Brasil, pouco mais que a metade dos cerca de 15 milhões comercializados em 2014. “Este ano é de recuperação, apesar de ainda estarmos longe do patamar de 2014”,[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *