inova.jor

inova.jor

BTG Pactual lança o programa de startups BoostLab

Em parceria com a ACE, o programa do BTG Pactual busca startups mais maduras / Divulgação
Em parceria com a ACE, o programa do BTG Pactual busca startups mais maduras / Divulgação

O BTG Pactual lançou hoje (5/2) o programa BoostLab, voltado para startups mais maduras, conhecidas como scale-ups.

Em parceria com a aceleradora ACE, prevê parcerias e projetos-piloto com o banco, fornecedores e outros integrantes de seu ecossistema.

As inscrições terminam em 15 de março.

As statups terão mentoria dos sócios do BTG Pactual e aconselhamento de executivos como Stelleo Tolda (Mercado Livre) e Cláudio Galeazzi, além de acesso à metodologia da ACE.

Big data e inteligência artificial

O programa busca empresas que atuem em três áreas:

  • eficiência operacional (soluções de big data ou inteligência artificial, que otimizem os processos de áreas como crédito, energia e wealth management);
  • relacionamento com o cliente (experiência digital, assertividade com a base de clientes e compliance); e
  • disrupção (oportunidades de negócios para o banco e empresas parceiras em mercados como commodities, crédito e meteorologia).

O BoostLab fica em São Paulo, na WeWork Faria Lima.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

A Citrosuco enfrenta escassez de mão de obra na colheita da laranja / Divulgação

Citrosuco seleciona startups com soluções para colheita

A Citrosuco, em parceria com o movimento 100 Open Startups, promove o Desafio Soluções para Colheita. As startups interessadas podem se inscrever até 5 de dezembro. A maior empresa de suco de laranjas do mundo quer fechar parcerias que facilitem a colheita. Apesar de já existirem no mundo iniciativas mecanizadas[…]

Leia mais »
Marketplaces, com destaque para o Mercado Livre, tiveram crescimento de 27% no ano passado / Renato Cruz/inova.jor

Comércio eletrônico brasileiro deve crescer 12% neste ano

O comércio eletrônico brasileiro deve crescer 12% neste ano, somando R$ 53,5 bilhões, segundo a 37ª edição do relatório Webshoppers, da Ebit. O total de consumidores virtuais deve chegar a 60 milhões, comparados a 55 milhões em 2017. No ano passado, as mulheres fizeram 1,4 milhão de pedidos a mais[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami