inova.jor

inova.jor

Um terço da receita do Magazine Luiza vem do e-commerce

Magazine Luiza: O LuizaLabs emprega mais de 450 engenheiros e especialistas / Divulgação
O LuizaLabs emprega mais de 450 engenheiros e especialistas / Divulgação

Um terço do faturamento do Magazine Luiza no quarto trimestre de 2017 veio do comércio eletrônico.

Entre outubro e dezembro do ano passado, o varejista faturou R$ 4,4 bilhões, o que representou crescimento de 31% sobre o mesmo período de 2016.

O e-commerce, que inclui produtos próprios e de terceiros, acumulou alta de 60% no trimestre, frente a um avanço de 6,1% do varejo brasileiro na internet, segundo o E-bit.

Marketplace

Lançado em 2016, o marketplace do Magazine Luiza conta com mais de 750 vendedores e mais de 1,5 milhão de itens.

Em 2017, a plataforma de venda de produtos de terceiros faturou R$ 230 milhões, sendo R$ 120 milhões no último trimestre.

Em comunicado, o varejista destacou o serviço Retira Loja, em que o cliente compra no e-commerce e retira o produto numa loja física.

Atualmente, os consumidores optam por retirar numa loja 20% das mercadorias adquiridas pela internet, num prazo de até 48 horas.

Tecnologia e inovação

No ano passado, cerca de metade dos R$ 171 milhões investidos pelo Magazine Luiza foram direcionados para tecnologia.

Em abril, a companhia comprou a startup mineira Integra Commerce, especializada em integrar lojistas a marketplaces.

Mais de 450 engenheiros e especialistas trabalham no LuizaLabs, centro de inovação do Magazine Luiza.

No quarto trimestre, o Magazine Luiza registrou lucro líquido de R$ 166 milhões, um avanço de 260% sobre o mesmo período de 2016.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Marcelo Bonassi, gerente de produto da HP Brasil, explica o funcionamento da impressora e tubos de tinta / Mariana Lima / inova.jor

HP aposta em impressora com tanques de tinta para jovens e PMEs

A HP anunciou hoje (6/3) a chegada de sua primeira impressora com tanques de tintas ao Brasil. O equipamento tem como público-alvo jovens adultos, adolescentes e pequenas e médias empresas. A HP DeskJet GT 5822 mira consumidores que precisam de alto volume de impressão com qualidade e custo mais baixo. “Percebemos que[…]

Leia mais »
Geotecnologias: A Agrotools quer oferecer serviços em nuvem ao pequeno produtor / Secretaria de Agricultura e Abastecimento/Creative Commons

Como as geotecnologias ajudam o agronegócio

Quando estava à frente da Intel Brasil, no ano passado, Fernando Martins anunciou a criação, em parceria com a Jacto, do Centro de Inovação no Agronegócio (CIAg), para aplicar conceitos de big data e internet das coisas ao setor. Martins acaba de assumir a presidência da AgroTools, uma empresa brasileira de[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami