inova.jor

inova.jor

Oxigênio Aceleradora busca startups em estágio mais avançado

Oxigênio, da Porto Seguro, busca startups para aceleração / Divulgação
Oxigênio, da Porto Seguro, busca startups em novo programa de aceleração / Divulgação

A Oxigênio, aceleradora de startups da Porto Seguro, busca startups que estejam em estágio mais avançado, num novo programa chamado Tração. As inscrições vão até 27 de maio.

O programa vai investir de R$ 350 mil a R$ 500 mil em cada empresa, que devem ter valor de mercado de até R$ 10 milhões.

Serão selecionadas três startups com renda acima de R$ 50 mil por mês ou de R$ 600 ao ano. Também podem se inscrever startups que tenham captado mais de R$ 500 mil em rodadas de investimento.

Nível intermediário

Esta é a primeira edição do programa Tração. O modelo com o qual a Oxigênio vinha trabalhando, num programa chamado de Ignição, é voltado para startups de nível intermediário.

A Oxigênio vai selecionar de cinco a oito startups por ciclo, e investir R$ 200 mil em cada uma delas.

Nos dois programas, o ciclo de aceleração tem duração de quatro meses, que pode se estender por mais três meses na Plug and Play, no Vale do Silício.

As escolhidas vão participar de sessões de mentoria e desenvolvimento de negócios com executivos da Porto Seguro.

O programa Tração acontecerá no segundo semestre, enquanto que o Ignição terá processo de seleção nesse período, para começar em 2019.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Programa da Cedro Capital e da Embrapa investirá até R$ 5 milhões em cada startup selecionada / Divulgação/Codevasf

Cedro Capital e Embrapa buscam startups de agronegócio

O programa Pontes para Inovação, parceria entre Cedro Capital e Embrapa, busca startups com foco em tecnologia digitais aplicadas ao agronegócio. As inscrições podem ser feitas até 31 de outubro. Podem se candidatar empresas com atuação no Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Minas Gerais.[…]

Leia mais »
Drones: A startup catarinense Horus Aeronaves prevê crescimento de 500% este ano / Divulgação

Drones brasileiros ganham os céus

O Brasil também fabrica drones. Startups brasileiras do setor preveem forte crescimento das vendas, mesmo com um cenário de retração econômica. O mercado deve movimentar R$ 200 milhões neste ano. Até quinta-feira, acontece em São Paulo a segunda edição do DroneShow, com participação de empresários, startups e investidores. O evento deve ser[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami