inova.jor

inova.jor

Fundo BR Startups seleciona empresas para investimento

Franklin Luzes é diretor de operações da Microsoft Participações e investidor fundador do fundo BR Startups / Divulgação
Franklin Luzes é diretor de operações da Microsoft Participações e investidor fundador do fundo BR Startups / Divulgação

O Fundo BR Startups está com inscrições abertas em seu processo de seleção para investimento. O prazo termina em 2 de julho e os interessados podem se inscrever aqui.

Gerido pela MSW Capital, o fundo é formado por grandes corporações, como Microsoft, Banco Votorantim, Monsanto, Grupo Algar, Banco do Brasil Seguros, Qualcomm, ES Ventures e AgeRio.

O BR Startups investe de R$ 500 mil a R$ 3 milhões em startups que estejam entre a fase de investimento anjo e uma rodada série A.

Além do dinheiro, as startups recebem apoio no aprimoramento de produtos e serviços, no acesso à rede comercial e na criação das condições para futuras rodadas de investimento.

O fundo procura oportunidades em todos os segmentos, com ênfase em:

  • agronegócios (agtech),
  • finanças (fintech),
  • seguros (insurtech),
  • educação (edutech),
  • saúde (healthtech), e
  • plataformas de serviços para pequenas e médias empresas.

Investimento

As startups precisam ter pelo menos dois fundadores dedicados, de preferência um com foco em marketing e vendas e outro em tecnologia e desenvolvimento de produtos e serviços, e ter registrado receitas de, no mínimo, R$ 60 mil nos últimos 12 meses.

Desde a sua criação, o BR Startups captou R$ 27 milhões.

No ano passado, investiu nas empresas:

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Fábrica da thyssenkrupp em Poços de Caldas adota o conceito de Indústria 4.0 / Divulgação

Como é o processo de transformação digital da thyssenkrupp

Com uma história de 180 anos no Brasil, a thyssenkrupp passa por um processo de transformação digital. Cada vez mais, produtos e processos industriais incorporam tecnologia da informação. “A digitalização está somente no começo”, afirma Heinrich Hiesinger, CEO mundial da empresa alemã.  “No cenário da Indústria 4.0, treinar as pessoas[…]

Leia mais »
A Ustore desenvolve tecnologia de nuvem no Porto Digital, no Recife / Divulgação

Criada no Recife, Ustore traça planos de expansão internacional

Nelson Campelo construiu uma carreira de sucesso em multinacionais de tecnologia da informação, tendo ocupado a presidência da subsidiária brasileira da Avaya. Há sete semestres, comanda a Ustore, uma startup de soluções de computação em nuvem criada no Recife. Além de liderar a operação, Campelo se tornou investidor da empresa. “Depois[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami