inova.jor

inova.jor

Oracle traz ao Brasil programa de aceleração de startups

Programa de startups da Oracle foi ampliado para sete cidades, incluindo São Paulo / Peter Kaminski/Creative Commons
Programa de startups da Oracle foi ampliado para sete cidades, incluindo São Paulo / Peter Kaminski/Creative Commons

A Oracle resolveu estender ao Brasil o programa Startup Cloud Accelerator, que tem como objetivo impulsionar o desenvolvimento de soluções em nuvem ao redor do mundo.

Além de São Paulo, o programa foi ampliado para Bristol, Deli, Mumbai, Paris, Cingapura e Tel Aviv.

A iniciativa, que teve seu programa-piloto lançado na Índia em abril de 2016, é voltada para startups de tecnologia em fase inicial.

As empresas selecionadas vão receber seis meses de orientação com especialistas técnicos e de negócios, direito de uso de um espaço de coworking e acesso a clientes, parceiros e investidores, além de créditos gratuitos para soluções de nuvem da Oracle.

O cronograma para São Paulo ainda não foi definido, mas as startups já podem deixar registrado interesse.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

A aceleradora Wayra, associada a Abraii, passa a integrar o grupo da Anprotec / Divulgação

Fusão entre Anprotec e Abraii aproxima incubadoras e aceleradoras

A fusão entre a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e a Associação Brasileira de Empresas Aceleradoras de Inovação e Investimentos (Abraii) deve fortalecer o ambiente de empreendedorismo no País. Isso porque, juntas, as associações criam uma rede completa formada por startups, aceleradoras, incubadoras, parques tecnológicos e investidores interessados.[…]

Leia mais »
O consumidor brasileiro é ávido por experiências novas e inovações tecnológicas / Renato Cruz/inova.jor

‘Acreditamos que o Brasil está além da crise’

O Brasil sempre nos despertou para novas perspectivas de investimento e negócios. Afinal de contas, hoje são mais de 70 milhões de pessoas que utilizam smartphones, 17 milhões em busca de alguma forma de crédito e, além disso, os brasileiros estão em primeiro lugar na liderança dos relacionamentos via redes[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *