inova.jor

inova.jor

IBM Brasil tem sua primeira mulher ‘distinguished engineer’

Com o título de distinguished engineer, Cintia Barcelos reconhece o desafio de aumentar a representatividade feminina em exatas / Divulgação
A engenheira Cintia Barcelos reconhece o desafio de aumentar a representatividade feminina em exatas / Divulgação

Cintia Barcelos conquistou o título de distinguished engineer (engenheira distinta) na IBM Brasil. Funcionária da empresa há 24 anos, é a primeira mulher na IBM América Latina a ocupar essa função.

Além do vasto conhecimento técnico, o título reconhece a capacidade de influenciar o desenvolvimento de produtos da empresa, de liderar equipes técnicas e de ocupar uma posição de referência na empresa e no mercado.

Representatividade

Cintia reconhece o desafio de melhorar a representatividade feminina em carreiras de exatas.

“Existe pouco incentivo nas escolas para meninas que tenham aptidão na área de exatas. Há preconceito de sobra e poucos exemplos. Precisamos de programas consistentes desde o ensino fundamental para que todas as mulheres que desejam seguir carreira em áreas exatas possam se desenvolver”, afirma, em comunicado.

Formada em engenharia eletrônica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a engenheira começou a trabalhar como estagiária na IBM em 1993 e atualmente é chefe de tecnologia de um grande cliente do setor de finanças.

“Na área técnica, infelizmente, o estereótipo do bom profissional é masculino. Sou mãe, esposa e distinguished engineer na IBM. Mulheres podem ser tudo o que quiserem”, diz a engenheira.

Desde 2012, a presidente mundial da IBM é a engenheira Ginni Rometty.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Quanto mais novo é o espectador, menos tempo ele dedica à TV / Annelogue/Creative Commons

Quanto tempo você gasta assistindo à TV?

Os hábitos dos espectadores estão mudando mudado. Uma pesquisa da Nielsen mostrou que, apesar de a TV ainda ser o meio dominante nos Estados Unidos, quanto mais novo é o espectador, menos horas ele dedica ao aparelho. Um norte-americano gasta, em média, 35h26 por semana em frente à televisão. No grupo que tem[…]

Leia mais »
No ano passado, as mulheres já eram 40% da força de trabalho da Accenture / Divulgação

Accenture quer 50% de mulheres na força de trabalho até 2025

A Accenture tem como objetivo chegar a 2025 com metade de sua força de trabalho formada por mulheres. Atualmente, a empresa emprega 150 mil mulheres, o que corresponde a quase 40% de sua força de trabalho global. No ano passado, as mulheres já foram 40% das contratações da consultoria e[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami