inova.jor

inova.jor

O que acontece na internet em um minuto

Internet: Mais de 4 milhões de vídeos são assistidos no YouTube a cada minuto / Renato Cruz/inova.jor
Mais de 4 milhões de vídeos são assistidos no YouTube a cada minuto / Renato Cruz/inova.jor

Em 2017, o número de pessoas conectadas à internet no mundo chegou a 3,7 bilhões.

A ITBroker, empresa de inteligência de mercado, fez um levantamento sobre o que acontece no mundo digital em um minuto:

  • 3.607.080 pesquisas são feitas no Google;
  • 103.447.250 e-mails classificados como spam são enviados;
  • 4.146.600 vídeos são assistidos no YouTube;
  • 45 mil novas corridas são feitas pela Uber;
  • 456 mil tuítes são compartilhados;
  • 154.200 chamadas são feitas pelo Skype;
  • 527.760 fotos são compartilhadas no Snapchat;
  • 120 novos profissionais são cadastrados no LinkedIn;
  • 69,4 horas de streaming são consumidas na Netflix;
  • 46.740 fotos são publicadas no Instagram;
  • 13 novas músicas são publicadas no Spotify.

Fontes

Os números foram captados em 18 de dezembro de 2017. As fontes consultadas foram: Expandedramblings.com; Wearesocial.com; Forbes, Bloomberg; IBM, Buzzfeed, Internet Live Stats, Internet World Stats BBC.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Como a inteligência artificial dá voz aos bots

Se você ainda não conversou com um assistente virtual, ou bot, provavelmente não percebeu. Ou vai cruzar com um deles por aí ainda neste mês! É isso mesmo, eles estão por toda parte: sua operadora de TV, celular, lojas online. Até em serviços da prefeitura, banco, corretora de investimentos. O[…]

Leia mais »
'Os monges pararam de meditar? Pararam de rezar? Todos parecem estar tuitando', diz Herzog / Reprodução

Werner Herzog apresenta visão apocalíptica da internet

No começo de setembro de 1859, uma grande tempestade solar, que ficou conhecida como Evento Carrington, causou falhas em sistemas de telégrafo nos Estados Unidos e na Europa. Fitas de telégrafo pegaram fogo e torres soltaram faíscas. Alguns operadores tomaram choques, enquanto outros conseguiram transmitir e receber mensagens mesmo depois de[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *