inova.jor

inova.jor

Gerdau e Fiemg Lab lançam desafios a startups

Escolhidos podem receber investimento ou trabalhar em parceria com a Gerdau / Divulgação
Escolhidos podem receber investimento ou trabalhar em parceria com a Gerdau / Divulgação

A Gerdau, em parceria com o Fiemg Lab, lançou dois desafios para startups, empresas de base tecnológica e pesquisadores acadêmicos.

As inscrições estão abertas até 11 de maio.

Os desafios do Gerdau Challenge at Fiemg Lab são:

  • aumentar o rendimento do coque, carvão mineral essencial para operações em alto forno, por meio de soluções que evitem o transbordamento e a degradação do material durante o trajeto, além de tornar mais eficiente a separação da rocha em diferentes granulosidades; e
  • encontrar soluções para medições e cálculos volumétricos de madeira nas florestas de eucalipto, por meio de projetos que proporcionem velocidade, precisão e redução de custos nos processos responsáveis pela produção de biorredutor (carvão vegetal).

Inovação aberta

O programa de inovação aberta faz parte de um conjunto de ações iniciadas em 2015 pela companhia, com o objetivo de reduzir custos e aumentar a eficiência de seus processos.

Os escolhidos vão receber da Gerdau mentoria e acesso à infraestrutura, além de trabalho em conjunto e possibilidade de investimento.

O Fiemg Lab é o programa de aceleração de empresas da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais.

 

Publicações relacionadas

As inscrições para o Braskem Labs Challenge terminam em 11 de agosto / Divulgação

Braskem Labs apresenta oito desafios a startups

A segunda edição do Braskem Labs Challenge busca soluções de startups para oito desafios internos da companhia. Com prazo até 11 de agosto, as inscrições devem ser feitas aqui. As empresas selecionadas terão oportunidade de realizar um piloto em unidades industriais ou áreas administrativas da Braskem. As soluções apresentadas devem[…]

Leia mais »
Programa de startups busca soluções de internet das coisas para o agronegócio / Shell

Vivo, Raízen e Ericsson buscam soluções para o agronegócio

  A Vivo, Raízen e Ericsson buscam startups com soluções de internet das coisas voltadas ao agronegócio, no programa Agro IoT Lab 2018. Os interessados podem se inscrever até 14 de outubro no site do Pulse, hub de inovação da Raízen. Serão selecionados dez projetos que aumentem a produtividade, reduzam[…]

Leia mais »