inova.jor

inova.jor

Como a análise de dados melhora as vendas do varejo

Paulo Planet, fundador da Tail, falou sobre análise de dados no Wired Conference Retail / Patricia Barão/inova.jor
Paulo Planet, fundador da Tail, falou sobre análise de dados no Wired Conference Retail / Patricia Barão/inova.jor

E se seu cliente pudesse comprar até cinco vezes mais os produtos da sua marca?

Esse resultado é possível de ser alcançado e foi um dos cases apresentados ontem (6/6) na Wired Conference Retail, em São Paulo, que reuniu especialistas em varejo para discutir tendências e inovações que transformam o setor no Brasil e no mundo.

A opinião dos especialistas é unânime: uma abordagem de venda mais assertiva e abrangente passa por oferecer uma experiência omnichannel, que é a integração de lojas físicas e virtuais.

Essa tendência é focada na experiência do consumidor nos canais e plataformas existentes de uma determinada marca.

Um consumidor que passa por uma boa experiência integrada com a marca chega a gastar até 30% a mais nas compras, diferente daqueles que encontram dificuldades nas operações omnichannel, de acordo com uma pesquisa realizada pelo IDC Retail Insights.

Paulo Planet, sócio fundador e diretor de operações da Tail, plataforma de análise de dados, apresentou o caso das marcas Farm e Animale, que conseguiram aumentar em até cinco vezes as vendas para os clientes, por meio de planejamento de personas e big data aplicada à inteligência de mídia.

“Conectar todas as informações online e offline permite que as empresas entendam o comportamento do seu consumidor e, com isso, ofereçam uma experiência muito melhor¨, explica Planet.

Superando expectativas

A experiência do cliente desempenha um papel central na lucratividade do varejo. O desafio das marcas é superar a expectativa do cliente por meio de ações consistentes e escaláveis.

Fred Trajano, CEO do Magazine Luiza, explicou que hoje a empresa dá espaço para que as lojas físicas consigam desenvolver algumas ações locais, assim como possibilita uma interação maior do cliente com a empresa.

Trajano foi responsável pela criação do MagazineVocê, plataforma social de venda direta pelo Facebook, e o laboratório de inovação LuizaLabs.

“Criamos um cartão pré-pago para as lojas investirem localmente e também criamos formas de nossos clientes participarem de todo o processo. Um bom exemplo, é o Magazine Você, que dá uma loja via celular para que cada um de nossos clientes vendam seus produtos localmente, chegando em comunidades que ainda não alcançamos”, explica Trajano.

Hoje, já são mais de 100 mil participantes ativos no Magazine Você.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Brasileiros têm concentrado comunicação em aplicativos como o WhatsApp

O que os bots têm a ver com a transformação digital

Os bots são uma das apostas do mercado brasileiro para a transformação digital das empresas. Esses robôs de bate-papo substituem atendentes humanos em operações repetitivas de acesso à informação. O tema foi debatido durante o Bots Experience Day, hoje (20/03) em São Paulo. Os bots tornaram-se famosos no ano passado com a divulgação[…]

Leia mais »
O governo de São Paulo vai começar a cobrar ICMS sobre software em abril / Renato Cruz/inova.jor

Empresas de software questionam cobrança de ICMS na Justiça

Associações de tecnologia resolveram apoiar duas ações diretas de inconstitucionalidade (Adins) da Confederação Nacional de Serviços (CNS) junto ao Supremo Tribunal Federal (STF). As entidades são a Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes), Associação Brasileira da Distribuição de Produtos e Serviços de Tecnologia da Informação (Abradisti), Associação Catarinense de[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *