inova.jor

inova.jor

Fundo BR Startups seleciona empresas para investimento

Franklin Luzes é diretor de operações da Microsoft Participações e investidor fundador do fundo BR Startups / Divulgação
Franklin Luzes é diretor de operações da Microsoft Participações e investidor fundador do fundo BR Startups / Divulgação

O Fundo BR Startups está com inscrições abertas em seu processo de seleção para investimento. O prazo termina em 2 de julho e os interessados podem se inscrever aqui.

Gerido pela MSW Capital, o fundo é formado por grandes corporações, como Microsoft, Banco Votorantim, Monsanto, Grupo Algar, Banco do Brasil Seguros, Qualcomm, ES Ventures e AgeRio.

O BR Startups investe de R$ 500 mil a R$ 3 milhões em startups que estejam entre a fase de investimento anjo e uma rodada série A.

Além do dinheiro, as startups recebem apoio no aprimoramento de produtos e serviços, no acesso à rede comercial e na criação das condições para futuras rodadas de investimento.

O fundo procura oportunidades em todos os segmentos, com ênfase em:

  • agronegócios (agtech),
  • finanças (fintech),
  • seguros (insurtech),
  • educação (edutech),
  • saúde (healthtech), e
  • plataformas de serviços para pequenas e médias empresas.

Investimento

As startups precisam ter pelo menos dois fundadores dedicados, de preferência um com foco em marketing e vendas e outro em tecnologia e desenvolvimento de produtos e serviços, e ter registrado receitas de, no mínimo, R$ 60 mil nos últimos 12 meses.

Desde a sua criação, o BR Startups captou R$ 27 milhões.

No ano passado, investiu nas empresas:

Publicações relacionadas

Jeff Weiner (presidente do LinkedIn), Satya Nadella (presidente da Microsoft) e Reid Hoffman (presidente do conselho do LinkedIn) / Divulgação

Por que a Microsoft comprou o LinkedIn

Sob o comando de Satya Nadella, a Microsoft tem feito um movimento forte para a computação em nuvem, ao mesmo tempo em que busca se posicionar como uma empresa mais aberta a parcerias e à integração com outras plataformas. A aquisição do LinkedIn por US$ 26,2 bilhões, a maior da história[…]

Leia mais »
Não migrar para a nuvem será tão raro quanto não usar a internet / Renato Cruz/inova.jor

Ao infinito e além: Para onde vai a gestão em nuvem

  A transformação digital já é um caminho sem volta, tanto no ambiente corporativo, quanto na nossa vida pessoal. É impossível imaginar um mundo sem aplicativos e todas as facilidades do smartphone. E a grande protagonista dessa mudança é a gestão em cloud, um avanço tecnológico capaz de impactar diretamente[…]

Leia mais »