inova.jor

inova.jor

Braskem Labs apresenta oito desafios a startups

As inscrições para o Braskem Labs Challenge terminam em 11 de agosto / Divulgação
As inscrições para o Braskem Labs Challenge terminam em 11 de agosto / Divulgação

A segunda edição do Braskem Labs Challenge busca soluções de startups para oito desafios internos da companhia. Com prazo até 11 de agosto, as inscrições devem ser feitas aqui.

As empresas selecionadas terão oportunidade de realizar um piloto em unidades industriais ou áreas administrativas da Braskem.

As soluções apresentadas devem atender, no mínimo, a um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU).

O processo seletivo vai verificar:

  • o estágio em que a empresa está,
  • seu potencial para solucionar o desafio proposto,
  • a aderência da solução ao tema do desafio escolhido, e
  • o grau de inovação da solução proposta.

As startups selecionadas participarão de um pitch day em setembro, com presença de equipes internas da Braskem. O projeto-piloto serão desenvolvidos com a Braskem durante uma semana de imersão.

Caso o piloto seja aprovado, a startup poderá se tornar fornecedora ou parceira da companhia.

Desafios

Os desafios propostos são:

  1. Otimização do resíduo plástico pós-consumo. Como trazer mais qualidade para o resíduo plástico pós-consumo?
  2. Manutenção preditiva 4.0. Como otimizar a manutenção preditiva da extrusora?
  3. Otimização de gestão de estoque e almoxarifado. Como trazer eficiência para a gestão de estoques e almoxarifado?
  4. Realidade virtual para simulação de plantas. Como garantir maior conscientização e eficácia nos treinamentos de riscos numa planta industrial da Braskem?
  5. Fintech: inteligência artificial para otimização de fluxos financeiros. Como otimizar a tomada de decisão de fluxos financeiros em diferentes países?
  6. Permissão de serviço eletrônica e integrada. Como fazer a liberação de serviços a partir da checagem de módulos de treinamento de integrantes e terceiros?
  7. Inteligência artificial e análise preditiva para gestão de projetos. Como integrar diferentes bases de dados de projetos para gerar indicadores inteligentes?
  8. Controle de doações e patrocínios. Como utilizar a tecnologia para trazer segurança e transparência ao processo de doações e patrocínios?

A Braskem é a maior produtora de resinas das Américas, com produção anual de 20 milhões de toneladas e receita líquida de R$ 50 bilhões.

A empresa exporta para para cerca de 100 países e opera 41 unidades industriais. Além do Brasil, tem operações nos Estados Unidos, Alemanha e México, país em que é parceira da mexicana Idesa.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Antonio Moraes, da Microsoft, e Marcos Barros, da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, falaram sobre educação no Start Eldorado / DIvulgação

Start Eldorado: Como a inteligência artificial muda a educação

A inteligência artificial começa a mudar a educação, inclusive no Brasil. Na quarta-feira (30/5), esse foi o tema do programa Start Eldorado, que teve como entrevistados Antonio Moraes, diretor de Educação da Microsoft Brasil, e Marcos Barros, diretor de Tecnologia da Informação da Secretaria de Estado da Educação de São[…]

Leia mais »
A Ustore desenvolve tecnologia de nuvem no Porto Digital, no Recife / Divulgação

Criada no Recife, Ustore traça planos de expansão internacional

Nelson Campelo construiu uma carreira de sucesso em multinacionais de tecnologia da informação, tendo ocupado a presidência da subsidiária brasileira da Avaya. Há sete semestres, comanda a Ustore, uma startup de soluções de computação em nuvem criada no Recife. Além de liderar a operação, Campelo se tornou investidor da empresa. “Depois[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami