inova.jor

inova.jor

Aplicativo 4K da Copa teve mais de 5 milhões de acessos

Televisores 4K foram responsáveis por 47% das vendas no Brasil durante o primeiro semestre / Renato Cruz/inova.jor
Televisores 4K foram responsáveis por 47% das vendas no Brasil durante o primeiro semestre / Renato Cruz/inova.jor

O aplicativo da SporTV que exibiu os jogos da Copa do Mundo da Rússia em resolução 4K teve mais de 5 milhões de acessos, segundo Erico Traldi, diretor associado de Produtos da Samsung.

Foram exibidos 56 jogos ao vivo no aplicativo exclusivo dos aparelhos da fabricante sul-coreana. O conteúdo ficou disponível até hoje (31/7) para ser revisitado.

“Estava viajando e assisti a um compacto do final da Copa somente ontem”, disse Traldi.

Ainda não existe conteúdo em 4K disponível na TV aberta ou na TV paga. Mas é possível assistir a vídeos nessa resolução na Netflix, no YouTube e no Globo Play.

De acordo com a pesquisa TICs Domicílio 2017, do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), 22% dos brasileiros que acessam à internet têm televisores conectados.

Participação de mercado

Em faturamento, a fatia das TVs 4K nas vendas totais de televisores no Brasil ficou em 37% no primeiro semestre, o que representou crescimento de 187% sobre o mesmo período de 2017.

Maior fabricante de televisores do mundo, a Samsung anunciou hoje uma nova linha de aparelhos 4K.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Membros da Geração Y são os que mais procuram serviços contra burocracia / Chris Jong/ Creative Commons

Como os certificados digitais podem reduzir a burocracia

A tecnologia tem ajudado pessoas do mundo inteiro a economizar dois bens valiosos: tempo e dinheiro. Mas a burocracia ainda consome esses dois itens na vida de centenas de milhares de pessoas. A boa notícia é que um número crescente de empresas de tecnologia tem apostado em soluções para problemas burocráticos nos últimos[…]

Leia mais »
Anupam Chander fala sobre inovação nos EUA

Quando liberdade de expressão vira política industrial

Larry Page e Sergey Brin disseram ao primeiro-ministro inglês, David Cameron, que nunca poderiam ter criado o Google em Londres. Quando o mecanismo de busca indexa páginas, ele armazena cópias do conteúdo indexado. Nos Estados Unidos, reproduzir e guardar essas páginas está dentro do conceito de “fair use” (uso justo ou aceitável), bastante[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami