inova.jor

inova.jor

Finep seleciona startups para investimento

Edital da Finep inclui startups com soluções para cidades inteligentes / Renato Cruz/inova.jor
Edital da Finep inclui startups com soluções para cidades inteligentes / Renato Cruz/inova.jor

A Finep está com inscrições abertas para a segunda rodada do edital de 2018 do programa Finep Startup.

Os interessados podem se inscrever até o dia 28 de fevereiro no site do edital.

A financiadora planeja selecionar 30 empresas que já tenham produto mínimo viável (MVP, na sigla em inglês), prova de conceito ou que já tenham realizado as primeiras vendas.

Cada empresa receberá investimento de até R$ 1 milhão, com a possibilidade de receber mais um aporte de R$ 1 milhão, dependendo da evolução do plano de negócios.

A seleção terá três etapas:

  • avaliação de plano de negócios;
  • banca avaliadora presencial; e
  • visita técnica e avaliação de documentação jurídica.

O resultado final será divulgado em julho.

Áreas de atuação

As startups precisam atuar nas seguintes áreas:

  • agritech,
  • cidades Inteligentes e sustentáveis,
  • construtech,
  • economia circular,
  • defesa,
  • economia criativa – jogos eletrônicos,
  • educação,
  • energia,
  • fintech/insurtech,
  • healthtech,
  • mineração,
  • óleo & gás,
  • química,
  • materiais biobaseados,
  • biotecnologia,
  • blockchain,
  • inteligência artificial,
  • internet das coisas,
  • manufatura avançada,
  • microeletrônica,
  • nanotecnologia, e
  • realidade aumentada, realidade virtual e realidade mista.

Publicações relacionadas

Artemisia busca startups de impacto social para aceleração

A Artemisia abriu inscrições para o seu programa de aceleração, o Lab Educação e Empregabilidade. A organização, pioneira no apoio a negócios de impacto social, vai selecionar até 20 negócios. Primeiramente, o objetivo é selecionar startups das áreas de educação e empregabilidade. Assim, para participar, é preciso ter um negócio[…]

Leia mais »
A consultoria Accenture quer aproximar instituições de ensino e startups / Patricia Barão/inova.jor

Como as startups podem ajudar instituições de ensino

A educação está em transformação no Brasil e no mundo. A forma como instituições de ensino gerenciam o negócio e interagem com os alunos precisa acompanhar as transformações digitais. Essa foi a principal mensagem da Semana de Educação da Accenture, realizada na semana passada em São Paulo, que discutiu tendências para a[…]

Leia mais »