inova.jor

inova.jor

O que uma startup precisa fazer para captar investimento

O investimento em startups está bastante aquecido no Brasil. Conversei com João Kepler, sócio da Bossa Nova Investimentos e autor do livro Smart Money, sobre a situação do mercado.

“Investir em startups deixou de ser apenas para alguns”, afirma Kepler. “Muita gente está aprendendo a fazer investimento em startups porque passou a acreditar no capital intangível, que é o capital intelectual. Vemos muitos players a entrar nesse mercado, o que ajuda o ecossistema e o desenvolvimento econômico do Brasil. Startups são empresas que geram renda, trabalho e desenvolvimento econômico.”

O investidor considera importante que a startup tenha bem definido seu segmento de atuação e sua tese, para buscar investidores que tenham a ver com eles. “Cada investidor profissional declara sua tese. Ele diz em que quer investir e diz, principalmente, no que não quer investir”, explica.

Setores promissores

Kepler considera promissores setores como agribusiness, fintechs (serviços financeiros) e retailtechs (varejo). “Alguns setores dependem um pouco de regulamentação e de não regulamentação, como insurtechs, de seguros”, destaca.

A Bossa Nova chegou a 400 empresas investidas. “Este é o melhor momento para se investir em startups”, diz. “Acreditamos que, em 2019, vamos avançar muito em número de investimentos.”

Para saber mais, assista à entrevista em vídeo com João Kepler.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

A rede de supermercados Whole Foods é pioneira na venda de orgânicos / Divulgação

Por que a Amazon comprou a Whole Foods

A Amazon anunciou hoje (16/6) a compra da Whole Foods Market por US$ 13,4 bilhões. O negócio representa um reforço na estratégia de lojas físicas da varejista online e uma ameaça a concorrentes como o Walmart. Quando surgiu em 1994, a Amazon era um site de vendas de livros. Com[…]

Leia mais »
Paulo Planet, fundador da Tail, falou sobre análise de dados no Wired Conference Retail / Patricia Barão/inova.jor

Como a análise de dados melhora as vendas do varejo

E se seu cliente pudesse comprar até cinco vezes mais os produtos da sua marca? Esse resultado é possível de ser alcançado e foi um dos cases apresentados ontem (6/6) na Wired Conference Retail, em São Paulo, que reuniu especialistas em varejo para discutir tendências e inovações que transformam o[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami