inova.jor

inova.jor

Brain Open, da Algar Telecom, seleciona startups

Brain Open seleciona startups para trabalhar com a Algar Telecom / Divulgação
Programa seleciona startups para trabalhar com a Algar Telecom / Divulgação

O Brain, centro de inovação e tecnologia da Algar Telecom, seleciona startups para desenvolver soluções de forma colaborativa.

Os interessados podem se inscrever no Brain Open até 22 de fevereiro, no site do programa.

A iniciativa é uma parceria do Brain com a ACE, empresa de investimento em startups e inovação corporativa.

Com duração de quatro meses, o programa será desenvolvido na sede da empresa, em Uberlândia (MG).

Áreas de interesse

Podem se inscrever startups com soluções para os setores de:

  • agronegócio,
  • energia,
  • micro e pequenas empresas (MPE),
  • saúde,
  • logística,
  • indústria 4.0, e
  • financeiro.

Os candidatos precisam ter equipe com dedicação de tempo integral, base de clientes e faturamento.

O objetivo é desenvolver novos negócios com a Algar Telecom, com a criação de soluções que complementem seus portfólios.

A seleção das startups está marcada para 28 e 29 de março.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Chatbots são a principal aplicação de inteligência artificial / r2hox

Como saber se a startup é mesmo de inteligência artificial

A inteligência artificial (IA) é uma tecnologia que está na moda. Não conheço levantamento parecido sobre o Brasil, mas a MMC Ventures, empresa londrina de venture capital, apontou em relatório que 40% das startups europeias classificadas como de inteligência artificial não são de verdade. Foram analisadas 2.830 startups de IA[…]

Leia mais »
Telefonia móvel acabou se tornando responsável pela universalização das telecomunicações / Geraldo Magela/Agência Senado

Expansão do setor melhora a competitividade

As telecomunicações são ferramentas essenciais para a inovação em todos os setores da economia, e as empresas brasileiras encontram-se num momento em que precisam aumentar sua capacidade de competir no cenário mundial. Na edição mais recente do Relatório de Competitividade Global, do Fórum Econômico Mundial, o Brasil caiu seis posições e[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *