inova.jor

inova.jor

CPFL Energia seleciona projetos inovadores para setor elétrico

CPFL Energia seleciona scaleups com projetos inovadores / Divulgação
CPFL Energia seleciona scaleups com projetos inovadores / Divulgação

A CPFL Energia busca projetos inovadores para o setor elétrico e gestão corporativa.

Os interessados podem se inscrever até 15 abril no site do programa de aceleração CPFL Inova, criado em parceria com a Endeavor e que está em sua segunda edição.

O objetivo é selecionar 12 scaleups (empresas com modelo de negócio escalável), que soluções aplicadas às seguintes áreas:

  • energia,
  • eficiência operacional,
  • relacionamento com cliente e transformação digital, e
  • smart cities (cidades inteligentes).

Os projetos devem adotar tecnologias como:

  • blockchain,
  • internet das coisas (IoT, na sigla em inglês),
  • realidade aumentada,
  • robotização,
  • inteligência artificial,
  • aprendizado de máquina (machine learning), e
  • big data.

O processo de aceleração terá 10 meses de duração, com conclusão em novembro.

Mentoria

Os empreendedores receberão mentoria de executivos do grupo e da rede Endeavor.

Eles também terão acesso a um fundo de R$ 10 milhões da CPFL Energia para desenvolvimento de projetos, nos moldes do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Além disso, terão possibilidade de fechar parcerias comerciais com as empresas do grupo.

Publicações relacionadas

Empresas buscam incorporar as novas dinâmicas de comportamento do consumidor

Como as mudanças no comportamento do consumidor afetam as marcas

Com a expectativa do consumidor cada vez mais elevada, as empresas buscam incorporar novas dinâmicas de comportamento e jornada de compra e avaliar os impactos nos negócios. O estudo Future Focus, da agência iProspect, que pertence ao grupo Dentsu Aegis Network, apresenta as principais tendências do marketing digital para este ano: Coleta[…]

Leia mais »

Fintech criada pela Caixa quer mudar o mercado de seguros

Mais da metade das pessoas que possuem contas bancárias no mundo usa algum produto ou serviço de pelo menos uma fintech (empresas de finanças com alto apelo tecnológico). A informação faz parte da primeira edição do estudo World FinTech Report (WFRT), fruto de parceria entre LinkedIn, Capgemini e Efma. Segundo o estudo,[…]

Leia mais »