inova.jor

inova.jor

Oxigênio, da Porto Seguro, lança novo modelo de aceleração

Escritório da aceleradora Oxigênio, em São Paulo, que irá receber startups para programa de aceleração
Aceleradora vai receber startups no escritório de São Paulo / Divulgação

A Oxigênio Aceleradora, da Porto Seguro, lançou um novo ciclo de aceleração de startups.

Os interessados podem se inscrever até 23 de junho, no site da aceleradora.

A principal mudança em relação às edições anteriores é que o programa será equity free. Ou seja, os participantes não precisam abrir mão de nenhuma participação societária para serem acelerados.

Voltado para startups em fase de tração, tem como objetivo impulsionar empresas em estágios mais avançados.

As startups terão o acompanhamento de mentores de mercado, equipe da Oxigênio e executivos da empresa.

Serão selecionadas até 10 startups por ciclo, com dois ciclos por ano, sendo quatro meses de aceleração no escritório da empresa em São Paulo.

Oportunidades

O programa oferece às startups selecionadas oportunidade de créditos em consultorias jurídicas, designer, growth, desenvolvimento e assessoria de imprensa.

Além disso, elas recebem créditos em nuvem, plataforma de contratação de desenvolvedores e vouchers de desconto com parceiros.

A Porto Seguro vai ainda provocar encontros com parceiros e clientes do grupo, a fim de proporcionar oportunidades de negócios para as startups.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Amos Genish, da Vivo, diz que empresas precisam ser mais inovadoras

‘Brasil precisa criar centros tecnológicos’, diz presidente da Vivo

“O Brasil precisa criar centros tecnológicos aqui”, afirmou ontem Amos Genish, presidente da Vivo, durante a inauguração da nova sede da Wayra, aceleradora de startups do grupo espanhol. “Para saírem da crise, as empresas brasileiras precisam inovar mais, para se tornarem mais competitivas.” Segundo Genish, não falta competência aos profissionais[…]

Leia mais »
Guilherme Bressane, do Google, falou sobre o relacionamento entre bancos e fintechs / Mariana Lima/inova.jor

Bancos buscam integração com fintechs

A disposição atual dos bancos brasileiros, e também das grandes empresas de cartão, é mais de integração que de competição com as fintechs (empresas de tecnologia que oferecem serviços financeiros). Pelo menos essa é a visão de Guilherme Bressane, líder para o setor financeiro do Google. Ontem (16/8), ele participou[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *