inova.jor

inova.jor

J. Safra e Darwin Startups lançam programa de aceleração

J. Safra e Darwin Startups lançam programa de aceleração
Darwin vai investir R$ 200 mil nas selecionadas / Divulgação

O Grupo J. Safra e a aceleradora Darwin Startups abriram inscrições para seu programa de aceleração.

Assim, o objetivo é investir e acompanhar negócios nas áreas de finanças, seguros, big data, tecnologia da informação (TI) e telecomunicações.

As inscrições para o programa, que entra em sua sétima edição, podem ser feitas até dia 16 de junho pelo site da aceleradora.

O Grupo J. Safra, além de ser parceiro do projeto, também vai participar da banca julgadora em São Paulo e Florianópolis.

Investimento

Os selecionados receberão investimento inicial superior às edições anteriores – de R$ 200 mil, em troca de participação minoritária de 7%.

Além disso, negócios que apresentarem boa performance durante a aceleração poderão receber mais aportes do grupo.

Por fim, além do aporte financeiro e do acompanhamento dos parceiros corporativos, as empresas contarão com outros benefícios.

Dentre eles, assessoria jurídica e contábil, acompanhamento psicológico dos empreendedores, coworking e ferramentas para apoiar o desenvolvimento da startup.

Publicações relacionadas

A VR Monkey foi uma das oito startups escolhidas pelo Programa de Promoção da Economia Criativa / Divulgação/VR Monkey

Realidade virtual atrai investimento no Brasil

A startup paulistana VR Monkey, que desenvolve soluções de educação em realidade virtual, é uma das empresas escolhidas para participar do Programa de Promoção da Economia Criativa. Parceria entre Samsung, Associação de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e Centro de Economia Criativa e Inovação da Coreia do Sul, o programa prevê[…]

Leia mais »

Estácio apoia o desenvolvimento de startups

RIO A Universidade Estácio busca startups. Seu programa de pré-aceleração Startup Nave, que está na quinta edição, oferece mentoria, workshops e espaço de coworking, de forma gratuita e sem a necessidade de ceder parte da empresa no fim do processo. O coworking fica a poucos metros do Museu do Amanhã, novo local para exposição[…]

Leia mais »