inova.jor

inova.jor

Provedores devem faturar R$ 2 bilhões com hospedagem em 2019

Provedores devem faturar R$ 2 bilhões com hospedagem em 2019
Provedores estão superando crise / OIST

O mercado está mudando para provedores brasileiros de hospedagem e infraestrutura de nuvem. O setor deve faturar R$ 2 bilhões em 2019.

A projeção é da pesquisa anual realizada pela AbraHosting e segue o ânimo do mercado com o segmento.

Afinal, empresas do setor encerraram o primeiro semestre de 2019 com crescimento de 25% na comparação com igual período de 2018.

Para o presidente da AbraHosting, Luis Carlos dos Anjos, o crescimento é surpreendente após cinco anos de desaceleração. 

“A velocidade do impulso verificado nestes últimos 12 meses aponta para uma aceleração até maior”, diz o executivo.

“Vai em confluência com o prognóstico isolado de alguns provedores. Falam em crescer até acima de 40% em certas classes de serviços”, afirma.

Provedores na mira

A pesquisa é realizada anualmente pela associação junto à sua base de associados. Ela responde por cerca de 60% do tráfego de internet no Brasil.

Dessa maneira, a AbraHosting conseguiu, também, identificar um novo movimento no mercado que pode estar ajudando nesse novo impulso.

“Um grande número de provedores está multiplicando suas receitas IaaS (infraestrutura como serviço) e PaaS (plataforma como serviço)”, comenta Luis Carlos dos Anjos.

Assim, ele aponta como exemplo os apps de delivery, transportes, serviços domésticos profissionais, streaming de vídeo e jogos interativos.

Além disso, grandes empresas estão migrando para a nuvem. Isso aumenta a demanda de serviços de provedores.

“No caso de empresas maiores, já existe uma cultura arraigada em favor da forma de entrega XaaS”, diz.

“Não só por questão de economia, mas também de confiabilidade, disponibilidade, performance e segurança.” 

Publicações relacionadas

A agência de transporte de São Francisco teve de liberar as viagens gratuitamente / Michael Chu/Creative Commons

Como funcionam os ataques de ransomware

Na sexta-feira, a Agência de Transporte Municipal de São Francisco (SFMTA, na sigla em inglês) sofreu um ataque de ransomware. Nesse tipo de golpe digital, as informações da empresa são criptografadas e ficam inacessíveis. O criminoso exige, então, um resgate para liberar o acesso aos dados, normalmente na moeda digital[…]

Leia mais »
Serviços compartilhados: Roberta Faria quer transformar moradia num sistema social colaborativo / inova.jor

Festival Path: Como serviços compartilhados mudam a moradia

Como oferecer apartamentos mais baratos sem tirar conforto dos moradores? A resposta da Vitacon foram unidades menores, a partir de 10 metros quadrados, que compensam o pouco espaço com serviços compartilhados e rede de relacionamento entre moradores. A construtora conta com 67 prédios em São Paulo e tenta, por meio[…]

Leia mais »