inova.jor

inova.jor

Estudo da Visa aponta que 77% das startups já ‘pivotaram’

77% das startups já pivotaram seus negócios, diz estudo
22% das startups mudaram apenas uma vez / Angie Jane Gray

Pivotar, que vem do inglês “to pivot”, significa mudar o plano de negócios, depois de uma tentativa não ter dado certo.

Cerca de 77% das startups já pivotaram os seus negócios. Ou seja: mudaram de segmentação ou de solução.

Essa informação vem do Mapa das Fintechs Visa, estudo que traz informações sobre as mais de 175 startups inscritas no Programa de Aceleração Visa 2019.

Ainda sobre pivotagem, o recorte mostra que 22% das startups mudaram apenas uma vez e 3% afirmaram ter pivotado mais de cinco vezes.

Além disso, cerca de 23% nunca pivotaram e seguem na sua proposta inicial.

Investimento e startups

Quando o assunto é investimento, a maioria dos respondentes (55%) afirmou não ter recebido investimento externo. Dessas, apenas 11,6% afirmaram usar capital próprio.

Ainda assim, das inscritas, 35% disseram ter recebido investimento, porém não especificaram a origem.

Aquelas que detalharam sobre investimento externo, afirmam ter recebido o aporte de aceleradoras (5,4%), investidores anjo (4,5%) e fundos de investimento (4,5%) – incluindo seed investors e venture capital.

Os valores variam:

  • 9,2% das empresas receberam até R$ 50 mil,
  • 44,6% entre R$ 100 mil a R$ 500 mil,
  • 38,5% receberam de R$ 500 mil a R$ 2 milhões e
  • 7,7% disseram ter recebido aportes acima de R$ 2 milhões.

Publicações relacionadas

Barateiro (e.) e Shibata (c.) falam sobre inovação aberta no inova.jor cast

Philip Morris aposta em inovação aberta

A Philip Morris Brasil aposta em inovação aberta. Entre as iniciativas, está uma parceria com o Onovolab, de São Carlos (SP). Miguel Barateiro, head de Tecnologia da Informação da Philip Morris Brasil, e Yukio Shibata, especialista em Inovação Corporativa do Onovolab, conversaram sobre o tema com o jornalista Renato Cruz[…]

Leia mais »
O Bankfacil oferece empréstimos com garantia de veículos e imóveis / Renato Cruz/inova.jor

Como as fintechs podem reduzir o custo dos empréstimos

Quando criou o Bankfacil, em 2012, o espanhol Sergio Furio testou a venda via internet de vários serviços financeiros para consumidores brasileiros. Depois do período inicial de testes, resolveu focar em empréstimos com garantia. O Bankfacil é uma das empresas de tecnologia que oferecem serviços financeiros, também conhecidas como “fintechs”,[…]

Leia mais »