inova.jor

inova.jor

Quais foram os melhores filmes de 2019

Alguns dos melhores filmes de 2019, como Parasita, Nós e Atlantique, falam sobre desigualdade.

Outros, como História de um casamento e Midsommar, sobre a maneira como relacionamentos terminam.

O irlandês, O peso do passado e Dor e glória mostram o impacto de escolhas passadas no presente.

Segue a minha lista dos melhores filmes do ano passado.

1. História de um casamento

2019: Filme retrata separação da Viúva Negra e do Kylo Ren / Reprodução
Filme retrata separação da Viúva Negra e do Kylo Ren / Reprodução

“O divórcio é como uma morte sem cadáver”, define um dos advogados em História de um casamento.

O filme mostra o processo de separação do diretor de teatro Charles Barber (Adam Driver) e da atriz Nicole Barber (Scarlett Johansson).

Charles demora para perceber o que realmente está acontecendo e, numa cena dolorosa em que tentam chegar a um acordo, ele perde o controle e diz muitas coisas que não deveriam ser ditas.

Dirigido por Noah Baumbach, é da Netflix.

2. Midsommar

2019: Em 'Midsommar', o terror acontece durante o dia / Reprodução
Em ‘Midsommar’, o terror acontece durante o dia / Reprodução

Midsommar é o segundo longa-metragem dirigido por Ari Aster, responsável por Hereditário, um dos melhores filmes de 2018.

É um filme de terror sob o sol de verão na Suécia.

Também narra o fim de um relacionamento, mas, diferentemente de História de um casamento, neste caso há corpos.

Dani (Florence Pugh) busca superar o luto, e seu namorado Christian (Jack Reynor) também demora a entender o que está acontecendo.

3. Parasita

2019: Família pobre em 'Parasita' trabalha montando caixa de pizza / Reprodução
Família pobre em ‘Parasita’ monta caixas de pizza / Reprodução

Parasita é o melhor filme dirigido Bong Joon-ho em uma década.

Fala sobre desigualdade e conflito de classes, e mostra uma família pobre que trabalha para uma família rica na Coreia do Sul.

4. Nós

2019: Lupita Nyong'o interpreta dois papéis em 'Nós' / Reprodução
Lupita Nyong’o interpreta dois papéis em ‘Nós’ / Reprodução

‘Nós’, segundo longa-metragem dirigido por Jordan Peele, também fala sobre desigualdade, mas de forma indireta.

De férias numa casa de praia, a família de Adelaide Wilson (Lupita Nyong’o) recebe a visita de seus duplos, de pessoas que são iguais a eles e querem tomar seu lugar.

Quando perguntada quem eles são, a sósia de Adelaide responde: “Somos americanos”.

5. A favorita

2019: Olivia Colman ganhou o Oscar de melhor atriz / Reprodução
Olivia Colman ganhou o Oscar de melhor atriz / Reprodução

Abigail Masham (Emma Stone) e a Duquesa de Marlborough (Rachel Weisz) disputam a atenção da Rainha Ana, da Grã-Bretanha.

Apesar de ser do ano anterior, foi lançado por aqui somente em 2019.

O diretor Yorgos Lanthimos é ótimo. E o papel de Rainha Ana garantiu um Oscar a Olivia Colman.

6. O irlandês

Robert De Niro sem rejuvenescimento por computador em ‘O irlandês’ / Reprodução

O irlandês é um filme de 3h30 de duração dirigido por Martin Scorsese e lançado pela Netflix.

Robert De Niro interpreta o mafioso Frank Sheeran, o irlandês do título, e Al Pacino faz o papel do sindicalista Jimmy Hoffa.

Mas é o destaque é a volta de Joe Pesci às telas, como Russell Bufalino.

Os três atores são rejuvenescidos digitalmente em várias cenas.

7. O peso do passado

Nicole Kidman vive a detetive Erin Bell / Reprodução
Nicole Kidman vive a detetive Erin Bell / Reprodução

Mais um filme que era do ano anterior, mas só chegou ao Brasil em 2019.

Em O peso do passado, Nicole Kidman vive a detetive de polícia Erin Bell, que, quando jovem, havia se infiltrado numa gangue para conseguir informações, numa operação que dá errado.

Dirigido pela grande Karyn Kusama, o filme conta a história do acerto de contas da policial com o passado.

8. Dor e glória

Antonio Banderas (d.) interpreta um diretor de cinema em 'Dor e glória' / Reprodução
Antonio Banderas (d.) interpreta um diretor de cinema em ‘Dor e glória’ / Reprodução

Em Dor e glória, Antonio Banderas interpreta Pedro Almodóvar, na pele do diretor de cinema Salvador Malo.

É um filme sobre envelhecer e, assim como O irlandês e O peso do passado, sobre a influência no presente de decisões tomadas há anos .

9. Atlantique

Mame Bineta Sane interpreta Ada em ‘Atlantique’ / Reprodução

O longa-metragem de estreia da diretora Mati Diop conta uma história de fantasmas que se passa em Dakar, no Senegal.

Assim como Parasita e Nós, fala sobre desigualdade.

10. Homem-Aranha no Aranhaverso

Várias versões do Homem-Aranha fazem parte do Aranhaverso / Reprodução
Várias versões do Homem-Aranha fazem parte do Aranhaverso / Reprodução

Dirigido por Peter Ramsey, Bob Persichetti e Rodney Rothman, Homem-Aranha no Aranhaverso foi o melhor filme com personagens da Marvel lançado no Brasil em 2019.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

A automação industrial é tema de um dos cursos oferecidos pelo PECE-Poli / inova.jor

Programa de Educação Continuada da Poli-USP tem inscrições abertas

O mercado de trabalho, cada vez mais dinâmico, faz com que os profissionais tenham necessidade constante de atualização. E o início do ano traz oportunidade de voltar às aulas, seja para evoluir na carreira, seja para empreender. Criado em 1973, o Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *