inova.jor

inova.jor

Por que é importante para o Brasil aderir à indústria 4.0

Aderir à quarta revolução industrial é essencial para que o Brasil garanta competitividade no mercado internacional.

Conversei com Erich Muschellack, superintendente geral da Fundação Certi, sobre indústria 4.0, quinta geração das comunicações móveis (5G) e empreendedorismo.

Investimento

“Tirando-se algumas empresas que realmente despontam nessa área, em geral, as indústrias brasileiras estão fracas nesse sentido”, destacou Muschellack, ao comentar a situação do país em relação à indústria 4.0.

“Esses anos de recessão não permitiram às empresa investir. E, obviamente, para fazer isso, precisa de algum investimento.”

Para saber mais, assista à entrevista em vídeo.

Assine também nosso canal no YouTube.

Publicações relacionadas

Número de organizações interconectadas deve quase dobrar até 2017 / Divulgação

Interconexão de empresas combina mundos físico e digital

A era da computação começou em meados dos anos 1980 nas empresas, com bases proprietárias de dados e informações manipuladas em fitas ou disquetes. Dez anos depois, as empresas perceberam que precisavam conectar-se para alcançar o desenvolvimento – cresceram as redes de dados e os PCs passaram a ser adotados em[…]

Leia mais »
A Fundação Certi, de Florianópolis, é uma das credenciadas da Embrapii visitadas no programa de imersão / Renato Cruz/inova.jor

Como a Embrapii quer melhorar a competitividade da indústria

Quando foi criada, em 2013, a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) foi comparada à Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). A atuação delas, no entanto, é bastante diferente. A Embrapa foi responsável por tornar o cerrado brasileiro agricultável e, consequentemente, transformar o Brasil numa potência agrícola mundial. As tecnologias[…]

Leia mais »