inova.jor

inova.jor

O que muda na arquitetura com o design generativo

Ricardo Bianca (e.) e Tiago Ricotta (c.) falam sobre design generativo / inova.jor
Ricardo Bianca (e.) e Tiago Ricotta (c.) falam sobre design generativo / inova.jor

Com o design generativo, o projetista define as características gerais e o sistema gera inúmeras alternativas de projeto.

Conversei sobre o tema no inova.jor cast com Tiago Ricotta, diretor de Inovação da Athié Wohnrath, e Ricardo Bianca, especialista técnico de Arquitetura, Engenharia e Construção da Autodesk Brasil.

O podcast está disponível semanalmente no SpotifyDeezeriTunes e SoundCloud.

Aplicação do design generativo

“Essa abordagem de desenvolvimento de projetos é essencialmente direcionada pelos objetivos que pretendemos alcançar, e faz uso de automação para dar aos projetistas melhores orientações, para que eles possam tomar decisões de forma mais rápida e de maneira mais bem fundamentada”, explica Bianca.

“Decidimos que poderíamos ter esse tipo de tecnologia nos nossos processos para facilitar o grande volume de projetos que temos e auxiliar os arquitetos”, diz Ricotta.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Instituto de pesquisa do Senai, na Bahia, está entre as visitas programadas do programa / Rafael Martins / Sistema FIEB/ Divulgação

Embrapii e CNI querem aproximar empresários e institutos de pesquisa

Empresários interessados em aproximar suas companhias de institutos e centros de pesquisa no Brasil e no exterior já podem se inscrever no Programa de Imersões em Ecossistemas de Inovação. O projeto é fruto da parceria entre a Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), da Confederação Nacional da Indústria (CNI), e a[…]

Leia mais »
PlayStation 4 e Xbox One foram responsáveis por 61,2% das vendas de jogos no país

Nova geração de consoles responde por 64% dos jogos vendidos no Brasil

O ano de 2016 foi de retração para o mercado de games no Brasil. Segundo a empresa de pesquisa de mercado GfK, a venda de jogos encolheu 16,6% em unidades vendidas. Em faturamento, houve diminuição de 10,7% em relação a 2015. Os consoles da oitava geração, representados por PlayStation 4, Xbox One e Nintendo[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *