inova.jor

inova.jor

Saiba como o PIX vai mudar os pagamentos

Chalub (e.) e Teixeira (c.) falam sobre o Pix no inova.jor cast / Divulgação
Chalub (e.) e Teixeira (c.) falam sobre o Pix no inova.jor cast / Divulgação

Começou oficialmente hoje (5/10) os registros das chaves PIX, sistema de pagamentos instantâneos criado pelo Banco Central.

A chave PIX pode ser email, número do celular, CPF ou CNPJ, e substitui os dados da conta no momento do transferência.

Rodrigo Teixeira, CEO da Bmg Granito, e Ray Chalub, diretor de operações e produto do Inter, conversam com o jornalista Renato Cruz sobre como o sistema muda o mercado de meios de pagamento, no inova.jor cast.

O podcast é publicado semanalmente no Spotify,  DeezeriTunes e SoundCloud.

Agilidade nos pagamentos

O sistema deve substituir pagamentos em dinheiro vivo, além de outros tipos de transferência, como DOC, TED e cartões.

“O PIX vai possibilitar clientes fazerem pagamentos ou transferirem dinheiro para outras pessoas 24 horas por dia, set dias por semana” explicou Rodrigo Teixeira, da Bmg Granito.

Além disso, vai elevar a competitividade no mercado dos meios de arranjos de pagamentos.

“O PIX vai custar um décimo de centavo [para as instituições]. Isso gera muito mais competitividade no envio de recursos”, comenta Ray Chalub, do Inter.

Publicações relacionadas

Acer patrocina eventos e times especializados em jogos eletrônicos / Mariana Lima / inova.jor

Acer aposta no mercado bilionário de games da América Latina

O mercado de games da América Latina é o segundo que mais cresce no mundo, atrás apenas do sudeste asiático. O crescimento acelerado dos adeptos dos jogos onlines têm atraído fabricantes de computadores tradicionais. Segundo a Newzoo, consultoria especializada em pesquisas sobre a indústria de games, o mercado de jogos eletrônicos[…]

Leia mais »
Esconder a verdade dos chefes é péssima estratégia / Tiago Queiroz /inova.jor

Interconexão é chave para alavancar o futuro dos pagamentos

As novas rotas de conectividade e inovação caminham lado a lado. Um ótimo exemplo é o setor de pagamentos digitais. Nele, constatamos como a melhoria nas taxas de interconexão tem ajudado a impulsionar a adoção de novos serviços. Globalmente, volumes de pagamentos eletrônicos aumentam cerca de 11% ao ano. E[…]

Leia mais »